Val Baiano se diz pior apenas a Ronaldo e Adriano

Atacante marcou oito gols em seis jogos, quatro deles na vitória de domingo sobre o Náutico

AE, Agencia Estado

20 de julho de 2009 | 19h09

Val Baiano tem feito a diferença no ataque do Barueri. Com oito gols marcados nos últimos seis jogos, o jogador disparou na artilharia do clube, deixando Pedrão para trás. O bom momento do atacante faz com que ele se considere no mesmo nível de todos os outros centroavantes do Brasil, com duas exceções: Ronaldo, do Corinthians, e Adriano, do Flamengo.

 

Veja também

especial MASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especial Visite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Sei que tenho que provar o meu valor a cada dia. Mas, com exceção do Ronaldo e do Adriano, não sou melhor nem pior que nenhum atacante em atividade na Série A", disse Val Baiano, que divide a artilharia do Brasileirão ao lado de Felipe, do Goiás, e Roger, do Vitória, com oito gols marcados.

A exibição de Val Baiano contra o Náutico agradou ao técnico Estevam Soares. O treinador exaltou a goleada e acredita que o time encaixou. "Nós vimos o jogo do Náutico na quinta-feira. É um time que veio para se defender e contra-atacar, com dois jogadores velozes na frente, mas nosso jogo encaixou. Acima de tudo, tivemos tranquilidade e isso foi fundamental para a vitória", afirmou o treinador.

Ele admitiu que, depois golear sem seis titulares, machucados ou suspensos, o elenco ganhou mais confiança e credibilidade. "Isso será importante, porque o Campeonato brasileiro é perigoso. Duas ou três derrotas podem , de repente, atrapalhar uma boa campanha", lembrou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroBarueri

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.