Valdivia admite desconfiança e quer reconquistar torcida

O meia Valdivia admitiu nesta quarta-feira que passou a conviver com a desconfiança do torcedor palmeirense em relação ao seu futebol. Considerado o maior ídolo do atual elenco do clube, o jogador chileno vem sofrendo há tempos para emplacar uma boa sequência de jogos com a camisa da equipe, em muito pela sequência de lesões que continuam atrapalhando a continuidade da sua carreira.

AE, Agência Estado

20 de fevereiro de 2013 | 12h20

O jogador, porém, está confiante de que poderá reconquistar os torcedores com boas atuações nesta sua segunda passagem pelo Palmeiras, após a primeira ter ficado marcada pela conquista do título paulista de 2008, quando foi decisivo na campanha que encerrou um jejum de 12 anos do clube sem conquistas estaduais.

"Com muito trabalho, dedicação, tenho certeza de que vai dar tudo certo. Torço muito para isso, quero de uma vez por todas retribuir o carinho, a confiança que o torcedor tem. Sei que tem torcedor que já não confia mais em mim, mas sei que tem muitos que ainda confiam e que esperam que eu possa voltar a ser o jogador que todo mundo quer", afirmou Valdivia, em entrevista para a TV Bandeirantes, na Academia de Futebol. "Com humildade, espero disputar o maior número de jogos possível", enfatizou.

Valdivia ainda voltou a exibir frustração nesta quarta-feira com o fato de não ter conseguido ajudar o Palmeiras a se livrar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro do ano passado, depois de ter sofrido uma lesão no ligamento colateral medial do joelho esquerdo no início de outubro, durante um clássico contra o São Paulo.

"Para mim foi difícil, não podia jogar, machuquei o ligamento. Foi difícil ver a tristeza do jogadores, do torcedor, mas eu quero deixar uma ''porta trancada'' com tudo que aconteceu no ano passado, retrasado, e agora pensar no presente e no futuro", enfatizou o meio-campista.

E Valdivia falou sobre os seus objetivos nesta quarta depois de ter sido uma novidades do treino do Palmeiras na última terça-feira. O chileno voltou a treinar com bola após se recuperar de lesão muscular na coxa esquerda. Com isso, ele tem chance de retornar ao time contra o União Barbarense, domingo, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasValdivia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.