Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Valdivia diz que voltar a jogar agora poderia prejudicar o Palmeiras

Meia chileno passa a treinar em dois períodos para entrar em forma e poder voltar a ajudar a sua equipe na disputa do Brasileirão

DANIEL BATISTA, O Estado de S. Paulo

08 de agosto de 2014 | 08h30

De volta ao time do Palmeiras, o meia Valdivia não tem previsão para jogar novamente pela equipe. O chileno ficou cerca de 15 dias sem treinar, de férias na Disney, e só retornou às atividades físicas nesta quarta-feira. O jogador acredita que uma volta agora pode ser prejudicial ao time de Ricardo Gareca.

"Por mim, eu jogaria. Mas nesse momento, iria mais atrapalhar do que ajudar o Palmeiras. A gente tem de respeitar o treinador. Eu conversei com ele e vamos trabalhar em dois períodos para acelerar o máximo que for a minha volta aos campos. Quero estar bem logo. Não posso dar uma data exata de quando conseguirei jogar", disse, no entanto.

Valdivia retorna a um Palmeiras bem diferente de quando deixou o clube antes da Copa do Mundo. As chegadas do técnico Ricardo Gareca e dos jogadores argentinos, Mouche, Allione e Tobio, fazem o chileno projetar uma retomada com sucesso.Ele entende que o Palmeiras está mais forte agora.

"Disputa por posição sempre teve. Em todas as equipes tem uma disputa saudável para jogar. Tenho sorte que essa disputa seja com argentinos e paraguaios (Mendieta), porque a gente fala o mesmo idioma e os brasileiros que estão aqui eu já conheço porque estava jogando com eles".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoPalmeirasValdivia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.