Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Valdivia é a ausência mais sentida no campo em treino do Palmeiras

Meia tem chance de voltar ao time no domingo que vem, dia 22

DANIEL BATISTA, O Estado de S.Paulo

12 Março 2015 | 18h57

O elenco do Palmeiras se reapresentou nesta quinta-feira após a derrota por 2 a 1 para o Santos, na Vila Belmiro, quarta-feira, em clima de muita decepção e com os atletas claramente chateados. Os titulares ficaram na academia fazendo recuperação física enquanto os reservas foram para o gramado.

As exceções foram o meia Valdivia e o atacante Rafael Marques. Os dois ficaram fazendo trabalho na academia e não foram para o gramado. O chileno faz recondicionamento físico, após se recuperar de uma lesão na coxa esquerda enquanto o atacante está com dores no tornozelo direito. Assim, os dois praticamente estão fora da partida contra o XV de Piracicaba, domingo, às 11h, no Allianz Parque. Valdivia chegou a participar de alguns treinamentos durante a semana com o grupo, inclusive trabalhos com bola.

Os médicos do Palmeiras não fazem mais previsão de quando os atletas machucados estarão aptos para jogar, entretanto, informalmente, a expectativa é que ambos estejam liberados para jogar no domingo que vem, quando o Palmeiras encara o São Bernardo, fora de casa.

Os reservas que foram para o gramado fizeram um treino específico por posição. Os jogadores foram separados entre defesa, meio e ataque e fizeram trabalho específicos. Depois, fizeram treinamentos de cobrança de pênaltis.

A definição do time acontece no treino da manhã desta sexta-feira, quando o técnico Oswaldo de Oliveira deve comandar um coletivo. Ele pode repetir pela primeira vez a formação de um jogo para o outro na temporada.

Mais conteúdo sobre:
futebol Palmeiras Campeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.