Valdivia e Diego Souza desfalcam o Palmeiras contra a Ponte

Vanderlei Luxemburgo deve escalar Denilson e Wendel em jogo que pode colocar o time no G-4 do Paulistão;

Redação,

10 de março de 2008 | 13h28

O técnico Vanderlei Luxemburgo terá problemas para montar o Palmeiras para o próximo jogo no Campeonato Paulista, contra a Ponte Preta, nesta quarta-feira, no Palestra Itália. Ele não poderá contar com dois dos principais jogadores do meio-campo do time: Valdivia e Diego Souza.   Veja também:  Palmeiras faz 5 a 2 no Bragantino em jogo polêmico Marcos: 'Dei um chute de leve, sem intenção de agredir'  Luxemburgo pode pegar 360 dias de suspensão em julgamento   Os dois receberam o terceiro cartão amarelo na goleada sobre o Bragantino, por 5 a 2, e terão de cumprir suspensão automática nesta quarta-feira, em partida que pode colocar o Palmeiras entre os quatro melhores do Estadual.   Os escolhidos por Luxemburgo para substituir os atletas devem ser Denilson e Wendel. O goleiro Marcos, expulso em Bragança, também fica fora. Diego Cavalieri assume a vaga.   "Denilson tem entrado bem, tenho deixado ele mais solto, às vezes vindo de trás, outras como atacante", explica Luxemburgo em entrevista à rádio Jovem Pan. "Quero ver se consigo voltar com o Wendel ao time, aí o Léo Lima fica mais solto."   Luxemburgo também deseja que a torcida continue com o apoio ao time. "Espero por um Palestra Itália lotado para vencermos a Ponte Preta, que será um jogo dificílimo. Estamos trabalhando para encontrar a regularidade e nos jogos de confronto direto subir de produção para chegar ao G-4. Uma vitória será fundamental."   O Palmeiras deve jogar com a seguinte formação: Diego Cavalieri; Elder Granja, Gustavo, Henrique e Leandro; Pierre, Wendel, Léo Lima e Denílson; Kleber e Alex Mineiro.

Tudo o que sabemos sobre:
Palmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.