Valdivia e Leandro voltam com gols e Palmeiras goleia Atlético Sorocaba

Valdivia volta em grande estilo e é o melhor da partida; Marquinhos Gabriel também faz grande jogo

Flavio Leonel, Agência Estado

26 de janeiro de 2014 | 19h28

SÃO PAULO - Nas voltas do meia chileno Valdivia e do atacante Leandro, o Palmeiras venceu neste domingo a terceira partida consecutiva no Campeonato Paulista de 2014. Com um bom futebol apresentado, a equipe alviverde goleou o Atlético Sorocaba por 4 a 1, na casa do adversário, e chegou aos nove pontos ganhos, conquistando a liderança provisória do no Grupo D da competição - o Bragantino, que tem seis pontos em dois jogos, tem partida agendada para as 19h30, contra o Comercial, em casa. Valdivia, Leandro, o lateral Juninho e o meia Wesley marcaram os gols da equipe alviverde e fizeram a festa da torcida palmeirense na cidade do interior paulista.

As estreias de Valdivia e Leandro foram fundamentais para o bom futebol apresentado pelo Palmeiras, que saiu atrás no placar, depois de o atacante Ewerthon, que passou pela equipe e pelo Corinthians, marcar o primeiro gol do jogo. O chileno foi o melhor jogador em campo, já que deu passes importantes, mostrou disposição e anotou o gol de empate. Leandro, por sua vez, fez um golaço, que representou a virada do time visitante.

Ambas as equipes tiveram desfalques para a partida. Pelo lado do Atlético, que conta com vários jogadores conhecidos da torcida alviverde, como Fabinho Capixaba e Ewerthon, a ausência mais sentida foi do goleiro Deola. Ele pertence ao Palmeiras e não jogou por questões contratuais.

Na equipe da capital paulista, além do volante uruguaio Eguren, que se recupera de dores no joelho, não jogaram o volante Renato, com trauma na clavícula; Vinicius, com dores no joelho direito; e o atacante Diogo, com dores na região da bacia.

O JOGO

O jogo começou bastante disputado e até com algumas divididas fortes por parte de jogadores de ambas as equipes, mas o primeiro lance agudo de gol aconteceu somente aos 12 minutos, com o Atlético Sorocaba. Numa arrancada rápida pela direita, o atacante Ewerthon entrou na grande área chutou, fazendo com que a bola passasse com perigo.

No minuto seguinte, o time da casa abriu o placar com o mesmo Ewerthon. Ele se aproveitou de uma bobeira da defesa do Palmeiras e recebeu a bola livre e de frente para Fernando Prass. Com um leve toque, ele encobriu o goleiro palmeirense e calou a torcida alviverde, que era maioria no estádio: 1 a 0.

O Palmeiras demorou um pouco para reagir depois do gol, mas empatou logo na jogada seguinte mais perigosa da partida, aos 21 minutos. Depois de um bom passe de Marcelo Oliveira, o lateral Wendel invadiu pela direita e cruzou para o centro da grande área. A bola encontrou ninguém menos que Valdivia, que ajeitou a bola e chutou com categoria para o fundo das redes, sem chances para o goleiro Fábio: 1 a 1.

O jogo continuou disputado, mas com poucos lances de gol de destaque. Aos 35, a equipe do Atlético só não chegou ao segundo gol porque o goleiro Fernando Prass fez duas defesas consecutivas importantes. Na primeira, ele espalmou um chute forte de Ewerthon. Na sobra, desvio para escanteio a bola chutada pelo meia Chico.

O Palmeiras ainda teve chances de menor destaque, com Leandro, aos 41, e Mazinho, aos 43. Entretanto, as oportunidades, não chegaram a assustar a equipe de Sorocaba, que conseguiu brecar a maior qualidade técnica do time paulistano com bastante dedicação.

SEGUNDO TEMPO 

Depois do bom primeiro tempo, os times voltaram com disposição ainda maior na segunda etapa. Aos 11, o clima entre o zagueiro Fabão e o meia Valdivia ficou tenso, depois que eles dividiram uma bola forte. Para controlar os ânimos, o árbitro Cássio Luiz Zancopé deu cartão amarelo aos dois jogadores.

Quanto aos lances agudos de gol, eles também começaram a surgir após os 10 minutos de partida. Aos 13, numa cobrança perigosa de falta, Valdivia quase desempatou para o Palmeiras. A bola bateu no ferro de sustentação da trave e quase fez a torcida gritar gol. Aos 16, foi a vez de Wesley aproveitar um cruzamento na pequena área. Ele cabeceou em cima do goleiro Fábio, que espalmou a bola para a linha de fundo.

Aos 21 minutos, o lateral Wendel, que teve atuação acima de sua média na partida, aproveitou um lançamento de Valdivia pela direita e arriscou um chute forte, obrigando Fábio a afastar a bola novamente.

Nesse momento da partida, o Palmeiras era bem superior ao Atlético e, de tanto martelar, desempatou com um golaço do atacante Leandro. Aos 22, ele recebeu a bola de Alan Kardec dentro da grande área, deu um corte seco no zagueiro Fabão e chutou por cima do goleiro adversário, que ainda tocou na bola, mas não impediu que ela fosse para o fundo do gol.

O gol deu ainda mais confiança ao Palmeiras e deixou o Atlético abatido. Depois de Leandro quase marcar novamente aos 28, o alviverde chegou ao terceiro gol aos 30 minutos.

Com um bom passe de Henrique, o meia Marquinhos Gabriel, que havia entrado no lugar de Mazinho, apareceu livre no campo de ataque. Com tranquilidade, ele tocou para trás e encontrou o lateral Juninho, que só teve o trabalho de colocar para o fundo das redes.

Com os 3 a 1, o Atlético se entregou de vez e o Palmeiras só administrou o resultado. Aos 47, a equipe paulistana ainda teve tempo de ampliar o placar com um gol de Wesley, aproveitando mais um cruzamento caprichado de Marquinhos Gabriel, para a festa da torcida alviverde em Sorocaba.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO SOROCABA 1 X 4 PALMEIRAS

ATLÉTICO SOROCABA - Fábio; Fabinho Capixaba, Fabão, Montoya e Alex Reinaldo (Allan); Boquita, Kasado (Michel), Chico e Douglas Packer; Alex William (Jeferson Maranhão) e Ewerthon. Técnico: Ivan Baitello.

PALMEIRAS - Fernando Prass; Wendel, Lúcio, Henrique e Juninho; Marcelo Oliveira, Wesley, Valdivia (Felipe Menezes) e Mazinho (Marquinhos Gabriel); Leandro (Mendieta) e Alan Kardec. Técnico: Gilson Kleina.

GOLS - Ewerthon, aos 13, e Valdivia, aos 21 minutos do primeiro tempo; Leandro, aos 22, Juninho, aos 30, e Wesley aos 47 do segundo tempo.

ÁRBITRO - Cássio Luiz Zancopé (SP).

CARTÕES AMARELOS - Kasado, Montoya e Alex William, Fabão e Boquita (Atlético Sorocaba); Marcelo Oliveira e Valdivia (Palmeiras)

RENDA - R$ 537.260,00.

PÚBLICO - 11.218 pagantes

LOCAL - Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.