Carlos Parra/EFF
Carlos Parra/EFF

Valdivia é liberado da seleção chilena por precaução

Jogador foi bastante elogiado pelo técnico Jorge Sampaoli

AE, Agência Estado

07 de setembro de 2013 | 18h45

SANTIAGO - Valdivia teve uma ótima atuação na vitória do Chile sobre a Venezuela, por 3 a 0, na noite de sexta-feira, em Santiago, pelas Eliminatórias da Copa de 2014. Bastante elogiado pelo técnico Jorge Sampaoli, ele foi liberado para voltar ao Palmeiras e, por precaução, não viajou com a seleção chilena para o amistoso de terça-feira, contra a Espanha, em Genebra, na Suíça.

Titular da seleção chilena diante da Venezuela, o meia do Palmeiras ficou em campo até os 27 minutos do segundo tempo, quando foi substituído por Beausejour. "O desenvolvimento da equipe teve a ver com a qualidade de Valdivia", elogiou Jorge Sampaoli, após a vitória que deixou o Chile em terceiro lugar nas Eliminatórias, bem perto da vaga na Copa do Mundo de 2014.

Mas, por conta do desgaste provocado pela atuação diante da Venezuela e do histórico de lesões musculares, Jorge Sampaoli resolveu poupar Valdivia do amistoso contra a Espanha. Assim, ele foi liberado neste sábado para voltar ao Brasil, podendo, portanto, reforçar o Palmeiras no jogo de terça-feira, contra o ASA, no Pacaembu, pela 21ª rodada da Série B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.