Rafael Ribeiro/Vasco
Rafael Ribeiro/Vasco

Valdívia e Marcos Junior são regularizados e podem estrear no Vasco

Reforços foram apresentados nesta terça-feira e já podem entrar em campo na quarta

Redação, Estadão Conteúdo

30 de abril de 2019 | 19h54

Na véspera do seu segundo compromisso no Campeonato Brasileiro, o duelo com o Atlético Mineiro, em São Januário, a diretoria do Vasco apresentou mais dois reforços para a sequência da temporada: o meia-atacante Valdívia e o volante Marcos Junior. Como estão regularizados e já vinham treinando, já estão à disposição do técnico interino Marcos Valadares para o compromisso desta quarta-feira.

Valdívia, que atuou pela última vez com a camisa do Al-Ittihad, da Arábia Saudita, foi emprestado ao Vasco até o fim de 2019. O meia pertence ao Internacional e também possui passagens por outros clubes de expressão no futebol nacional, como São Paulo e Atlético Mineiro. E espera conseguir exibir no Vasco o mesmo nível de atuação que teve nas suas primeiras temporadas pelo clube gaúcho.

"Estou muito feliz de vestir a Camisa do Vasco. Agradeço pela oportunidade. É mais uma na minha carreira, de mostrar meu futebol, que tenho qualidade e que não foi sorte. É fazer o que eu sempre fiz. Jogar futebol e ser feliz. No Atlético-MG eu joguei muitas partidas, no São Paulo eu estava me sentindo bem, poderia ter sido melhor. Me cobro muito, fiz 19 gols num ano pelo Inter. Quero poder repetir aqui no Vasco. Venho trabalhando todo dia para que isso se repita aqui", disse.

Já Marcos Junior, de 23 anos, receberá no Vasco a sua primeira chance em um dos principais clubes do Brasil. O volante se destacou no Campeonato Carioca, antes tendo passado por outros times do Rio, além de América-RN, ABC e Paysandu. Ainda assim, garantiu não temer a cobrança de um time que está em crise e perdeu por 4 a 1 para o Athletico-PR na sua estreia no Brasileirão.

"Isso aqui acho que é o ápice da minha carreira. Maior sonho que já realizei. É um gigante do país. Prefiro jogar de segundo volante, mas onde me colocarem eu vou jogar. Chegamos para somar, então tenho de estar preparado. Treinava lá em Bangu, sem sombra nenhuma, com 40ºC", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
Vascofutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.