Reprodução
Reprodução

Valdivia é suspenso por dois jogos após gesto obsceno em estreia

Ex-jogador do Palmeiras foi flagrado mostrando dedo do meio

Estadão Conteúdo

15 de setembro de 2015 | 16h28

O sempre polêmico Valdivia precisou de apenas uma partida para atrair as atenções nos Emirados Árabes Unidos e se tornar protagonista de uma nova controvérsia. Flagrado pelas câmeras de tevê fazendo um gesto obsceno no intervalo da derrota para o Al Shabab, no último sábado, em sua estreia pelo Al Wahda, o chileno foi punido por duas partidas pela federação nacional.

As imagens mostram Valdivia caminhando e, sorridente, mostrando o dedo do meio em direção às arquibancadas. Por mais que o chileno tentasse se explicar e garantisse que tratava-se de uma brincadeira com alguns amigos que estavam na torcida, a entidade manteve a punição.

"O jogador da seleção chilena Jorge Valdivia confirmou que o sinal usado entre os dois tempos da partida foi endereçado a alguns amigos dele que vieram do Brasil para assisti-lo, e não a qualquer outra pessoa", tentou defender o Al Wahda, em comunicado oficial.

Ainda de acordo com o clube, Valdivia justificou o sinal ao garantir que "esta é uma referência mútua entre pessoas no Chile e no Brasil e é usada como uma brincadeira, não significa nada negativo, e eu queria esclarecer este desentendimento às pessoas".

A explicação do chileno aparentemente foi suficiente para convencer o diretor do clube, Abdul Basit Al Hammadi, que saiu em defesa de seu jogador. "Al Hammadi disse que desde a chegada do jogador Valdivia aos Emirados Árabes houve uma onda de publicidade e estão querendo pressionar o atleta", comentou o Al Wahda.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolValdivia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.