Valdivia não garante permanência no Palmeiras em 2013

Apesar de a diretoria garantir que já está tudo acertado para Valdivia disputar a Copa Libertadores do ano que vem, o meia diz que seu futuro no Palmeiras ainda é incerto. Neste domingo ele disse que por enquanto apenas "o presente" é algo certo. "Temos de conversar muito ainda, mas estou aqui por enquanto e já disse que meu presente é aqui. Agora estou no Palmeiras e tenho de fazer as coisas bem feitas".

DANIEL AKSTEIN BATISTA, Agência Estado

22 de julho de 2012 | 20h03

A informação que chegou ao Palmeiras é que um clube árabe estaria interessado em Valdivia e disposto a pagar alto pelo craque. A diretoria nega, o meia diz que por enquanto não chegou nada oficial para ele, mas não garante continuar no clube. "Se vier uma proposta quem tem de decidir é a diretoria porque eles estão atrás de dinheiro", disse, lembrando que o fato de ter vínculo com o Palmeiras não é o que vai garantir que ele fique por aqui."Os contratos, assim como as regras, são feitos para quebrar. Tem muita coisa a ser resolvida ainda".

Valdivia afirmou que tem sido complicado ficar longe da família e que sua esposa e filhos não vão mais voltar para o Brasil após a situação do sequestro relâmpago. E que até por isso não aceitaria oferta de outro clube brasileiro. "Eles (a família) não vão voltar por uma questão de segurança, por medo. Já estou há um tempo sem eles e é difícil aguentar, meus filhos são a coisas mais importantes para mim, eu vivo e trabalho por eles. Quando eles estão longe a gente sofre".

Felipão admitiu que é complicado para um jogador ficar distante da família, mas prefere não opinar sobre uma possível saída de Valdivia. "Já vimos que ele é um jogador excelente, mas é um assunto de que não vou participar".

O técnico disse que o Palmeiras tem feito de tudo para segurar o meia. "Nós também fazemos a nossa parte e em um mês o liberamos duas vezes para ir ao Chile. É uma troca e ele vem dando conta do recado e nos ajudando. Mas continuo dizendo: sem a família por perto a pessoa é zero".

DEOLA EM SALVADOR - Felipão confirmou que o goleiro Deola será emprestado para o Vitória até dezembro. "Ele ganha oportunidade para ser titular em outra equipe e a gente dará chances para o Raphael".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.