Valdivia parece se sentir em casa quando atua pelo Palmeiras no Pacaembu

Meia chileno costuma se destacar quando joga no estádio pelo clube

21 de setembro de 2013 | 08h05

SÃO PAULO - O meia Valdivia será o responsável por organizar e criar as principais jogadas do Palmeiras na partida contra o Sport, sábado, no Pacaembu. O chileno parece se sentir em casa quando joga no Pacaembu, tanto que nas últimas cinco vezes em que atuou no estádio conseguiu ter uma boa atuação.

A última delas aconteceu contra o ASA, quando o Palmeiras venceu por 3 a 0 e embora não tenha participado das jogadas de nenhum dos gols, mostrou desenvoltura e levou perigo aos adversários. Contra o Paraná, deixou o gramado como um dos melhores em campo na vitória de virada por 2 a 1.

Diante do Bragantino, mais uma vitória por 2 a 1 e desta vez com direito a um belo gol do Mago, que deixou o jogo sendo aplaudido pela maior parte dos torcedores. Apenas o setor onde fica a torcida organizada não o saudou. Contra o Icasa, mais uma goleada por 4 a 0 com direito a um belo passe para Alan Kardec.

Contra o ABC, Valdivia tinha motivos de sobra para se dedicar. Além do apoio dos torcedores, o técnico da seleção chilena, Jorge Sampaoli, estava no Pacaembu para acompanhá-lo de perto e saio do estádio satisfeito com o que viu. O chileno se movimentou bastante, criou e deixou o gramado como um dos melhores em campo na vitória por 4 a 1.

Neste sábado, Valdivia será o único armador, já que Mendieta está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. É mais uma oportunidade dele dar seu show e mostrar que ainda pode ser útil ao time alviverde.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.