Sérgio Castro/Estadão
Sérgio Castro/Estadão

Valdivia pede para continuar tratamento durante a folga

Enquanto grupo só se reapresenta dia 20, chileno terá descanso somente no final de semana

DANIEL BATISTA, Agência Estado

13 de junho de 2013 | 12h50

SÃO PAULO - O meia Valdivia deu mais um indício de que realmente está louco para voltar a jogar e dar alegrias para a torcida do Palmeiras. O chileno pediu a comissão técnica para continuar o tratamento durante a folga que todo o elenco terá até o dia 20 de junho.

O jogador só terá descanso no final de semana. O Palmeiras já havia programado que ele continuaria a treinar, mas antes de ser comunicado sobre a decisão, o chileno já pediu para não interromper o trabalho na Academia de Futebol já que ainda precisa fortalecer a musculatura da coxa direita.

Valdivia queria ter jogado contra o Sport e América-RN, nas duas últimas rodadas da Série B, mas um colegiado formado pela comissão médica, preparação física e diretoria (Omar Feitosa, gerente de futebol e que foi preparador físico) decidiu adiar o retorno do chileno, que ficou irritado com a decisão.

A expectativa é que o meia Mendieta, recém-contratado, atue ao lado de Valdivia na volta da Série B. O Palmeiras joga dia 6 de julho, contra o Oeste. A última partida do chileno foi no dia 14 de março, contra o Paulista, pelo Campeonato Paulista.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasValdiviaSérie B

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.