Valdívia quer voltar a jogar pela seleção chilena

Meia do Palmeiras esquece problemas que teve na seleção e pensa em retorno triunfante

Ansa

28 de abril de 2008 | 15h03

O meia Valdivia, o polêmico astro do Palmeiras, declarou que quer integrar a seleção chilena do técnico Marcelo Bielsa na partida contra a Venezuela, em 19 de junho, pelas eliminatórias do Mundial 2010."Se o treinador me chamar, eu vou. Quero jogar pelo Chile contra a Venezuela. Não posso dizer não à seleção", disse.Valdivia faz parte do grupo de jogadores punidos pela Associação Nacional de Futebol Profissional (ANFP), devido a incidentes extra desportivos ocorridos em Puerto Ordaz, durante a última Copa América."Não somos o Brasil ou a Argentina, não podemos nos dar ao luxo de ter jogadores fora", disse o chileno ao jornal El Mercurio.O jogador foi punido com 20 partidas, metade das quais terá cumprido após o encontro da seleção chilena com a boliviana, prévia ao jogo contra a Venezuela.A ANFP antecipou que depois de cumprir metade da sentença os sancionados poderão apelar, mas Bielsa foi enfático ao afirmar que enquanto não for superado o problema administrativo não irá considerar os jogadores punidos."Quer jogar contra a Venezuela, então?", perguntou o jornal ao jogador. "Sempre estarei à disposição da seleção... se me chamarem", concluiu Valdivia.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.