José Patricio/Estadão - 07/01/2013
José Patricio/Estadão - 07/01/2013

Valdivia tenta ser a surpresa do Palmeiras contra o Corinthians

Meia chileno tenta se recuperar de lesão na coxa esquerda para poder atuar no domingo

DANIEL BATISTA, Agência Estado

14 de fevereiro de 2013 | 11h33

SÃO PAULO - O meia Valdivia, do Palmeiras, corre contra o tempo para conseguir estar em campo na partida contra o Corinthians, domingo, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista. O chileno, que se recupera de uma lesão na coxa esquerda, sabe que as chances de estar em campo no clássico são pequenas, mas tem trabalhado duramente para conseguir superar as expectativas.

O chileno sofreu a lesão na partida contra o XV de Piracicaba, no último dia 3, e a previsão era de que voltasse ao time dentro de 15 dias. Com isso, ele estaria fora do clássico contra o Corinthians, mas o meia faz tratamento em dois períodos para conseguir se recuperar mais rápido.

Ao ser questionado sobre o assunto, o técnico Gilson Kleina se esquiva e diz que sua preocupação é o jogo contra o Sporting Cristal, nesta quinta-feira, no Pacaembu.

O que joga contra o chileno é a falta de treinos com bola. Se estiver bem, ele pode até fazer um trabalho nesta quinta ou sexta-feira. O departamento médico trabalha com a possibilidade de ele estar à disposição apenas dia 24, contra o União Barbarense. Mas admite que, se ele mostrar boa recuperação, pode pelo menos aparecer como opção no banco de reservas.

Em relação aos outros machucados, nenhum deles devem enfrentar o Corinthians. O atacante Maikon Leite fica mais duas semanas em tratamento para se recuperar de uma lesão na coxa esquerda. Recém-contratado, o atacante Kleber, em fase final de recuperação de lesão na coxa direita, inicia os trabalhos com bola na semana que vem e pode aparecer contra o União Barbarense. Já o meia Tiago Real, que teve uma luxação no ombro direito em novembro, também pode voltar aos treinamentos na próxima semana.

Quem deve demorar um pouco mais para voltar a atuar é o lateral-esquerdo Fernandinho. Ele ainda precisa de pelo menos mais um mês de recuperação de uma cirurgia no joelho esquerdo, realizada em agosto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.