Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Valdivia treina com bola, mas Palmeiras não dá prazo para sua volta

Oswaldo descarta escalação do chileno no clássico contra o Santos

PAULO FAVERO, O Estado de S. Paulo

08 Março 2015 | 14h05

O meia Valdivia treinou com bola pela primeira vez neste fim de semana e já começa a encher a torcida do Palmeiras de expectativa sobre seu retorno aos gramados. Mas o técnico Oswaldo de Oliveira acha prematuro pensar no meia para o clássico de quarta-feira, contra o Santos, pelo Campeonato Paulista. "Ainda não dá para escalá-lo e no clássico, nem pensar. Ele já fez um treinamento com bola e vai evoluir. Mais um pouco ele vai poder estar nos ajudando", disse o comandante.

Valdivia começou a temporada com uma lesão na coxa esquerda, que ele teve na reta final do Campeonato Brasileiro. Fez tratamentos e entrou até em polêmica sobre sua permanência no clube, mas a princípio quer renovar o contrato que termina em agosto. Tanto que seu pai já está no Brasil para negociar com a diretoria palmeirense.

Para o treinador, a permanência do meia chileno será muito importante e ele espera que Valdivia volte ao time com a mesma sequência vitoriosa que o Palmeiras está tendo. "Vitória é bom com Ademir da Guia, Valdivia ou qualquer jogador. Vitória é tudo no futebol. Para ele voltar fica mais propício em uma situação com sequência de vitórias. Espero que até reestrear a gente possa estar assim, para ter esse clima favorável", disse Oswaldo.

Mais conteúdo sobre:
futebol Palmeiras Valdivia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.