Clayton de Souza/Estadão
Clayton de Souza/Estadão

Valdivia vira artilheiro e já iguala marca de 2013 pelo Palmeiras

Meia chileno aparece no ataque e passa a marcar mais gols nesta temporada

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

01 de março de 2014 | 04h56

SÃO PAULO - Valdivia precisou de apenas dois meses para igualar a marca de gols feitas no ano passado e comprovar que vive um de seus melhores momentos com a camisa do Palmeiras. O chileno já marcou quatro gols em sete jogos realizados. Um dos motivos para números tão expressivos é a forma com que tem atuado, mais próximo da área.

"O posicionamento do Valdivia é mais adiantado, mas não quero ele no meio dos zagueiros. Ele é nosso articulador e cabeça pensante. A presença do Valdivia na área é porque a gente quer ele próximo do gol. Começamos a trabalhar isso no ano passado e ter um jogador com essa chegada na frente é diferente. Sacrificamos algumas situações, mas ganhamos em outra e ele está entendendo bem essa função", comemora o técnico Gilson Kleina.

Durante as partidas, Valdivia e Alan Kardec constantemente trocam de posição para confundir os adversários. Contra o São Bernardo, por exemplo, a dupla foi autora dos gols da vitória por 2 a 0.

O Mago minimiza a boa fase e diz que o objetivo maior é ajudar o time a vencer. "Tem que ir com calma. No outro jogo contra o Botafogo), fiz um gol de pênalti e a gente perdeu. Não adianta nada marcar e não vencer, só vale para aumentar os números. O gol vindo com a vitória é muito melhor. Prefiro não fazer gols e conseguir o objetivo, que é a taça", disse o meia, que desfalca o Palmeiras contra a Portuguesa, na quinta-feira, por estar com a seleção chilena que fará um amistoso com a Alemanha, na quarta.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolCampeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.