Valdyr Espinosa assume o Brasiliense

Em meio a um foco de crise, o jovem time do Brasiliense enfrenta o Atlético-MG, nesta quarta-feira, às 21h45, no estádio Boca do Jacaré, em jogo de ida válido pela segunda fase da Copa do Brasil. O meia Marcelinho Carioca (contusão) está fora da equipe por 15 dias, o centroavante Agnaldo foi barrado, e o técnico Edinho Nazareth, juntamente com a comissão técnica, pediu demissão nesta terça-feira à tarde. Pouco depois Valdyr Espinosa foi oficializado no comando da equipe e já dirige o time contra os atleticanos.A crise, segundo Edinho, teria sido deflagrada por uma reunião entre Luiz Estevão e os jogadores sem o conhecimento do treinador. Num hotel de Brasília, o dirigente teria passado uma fita e comentado as falhas na partida de domingo contra o Gama, pelo campeonato estadual. "Ele interferiu no meu trabalho, tirou a minha autoridade", disse Edinho à Agência Estado. "Não se faz futebol sem dificuldades", disse Estevão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.