Valdyr Espinosa deixa o Fluminense

Valdyr Espinosa não é mais o técnico do Fluminense. No meio da tarde desta segunda-feira, ele convocou uma entrevista coletiva em umachurrascaria na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, para anunciar suadecisão. Segundo Espinosa, a tentativa dos dirigentes tricolores eminterferir no seu trabalho foi o principal motivo que o levou aentregar o cargo. ?Esta atitude da diretoria gerou uma quebra deconfiança no meu trabalho?, afirmou.Espinosa disse que sua saída é resultado de uma série de problemas. Primeiro, disse ter ficado aborrecido no episódio em que foi contestado pelas escalações de Romário, Edmundo e Roger nas semifinais da Taça Guanabara, supostamente, sem as condições físicas ideais. Em seguida, se sentiu desautorizado pelas contratações do goleiro Danrlei e do zagueiro Odvan. Por fim, entendeu que os dirigentes o abandonaram, de olho na contratação de Vanderley Luxemburgo, que no sábado foi demitido no Cruzeiro. Luxemburgo, alias, é o nome mais forte para ocupar o cargo. Ricardo Gomes é outro candidato.

Agencia Estado,

01 de março de 2004 | 15h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.