JOSE JORDAN / AFP
JOSE JORDAN / AFP

Valencia bate Alavés e conta com ajuda do Barcelona para entrar no G4 do Espanhol

Time conta com 58 pontos e está na mesma posição que o Getafe, que tem a mesma pontuação, pois leva a melhor no confronto direto, primeiro critério de desempate

Redação, Estadao Conteudo

12 de maio de 2019 | 16h22

O Valencia derrotou o Alavés por 3 a 1, em casa, no estádio Mestalla, neste domingo, e está muito perto de garantir uma vaga na próxima edição da Liga Europa, pois subiu para o quarto lugar no Campeonato Espanhol e depende apenas de si para confirmar sua classificação à principal competição de clubes da Europa.

O triunfo foi construído de virada. O zagueiro espanhol Ximo Navarro abriu o placar para os visitantes, mas o Valencia conseguiu a remontada e chegou à vitória que o coloca no grupo dos quatro melhores colocados do torneio com gols de Carlos Soler, Santi Mina e Kevin Gameiro. O Alavés ocupa o 11º lugar, com 47 pontos.

O Valencia soma, agora, 58 pontos, e roubou o quarto posto do Getafe, que tem a mesma pontuação, pois leva a melhor no confronto direto, primeiro critério de desempate. O Barcelona teve contribuição direta no sucesso momentâneo do Valencia, pois derrotou o Getafe em outro duelo no mesmo horário.

Campeão espanhol antecipadamente, o time catalão, ainda se recuperando da eliminação traumática para o Liverpool nas semifinais da Liga dos Campeões, derrotou o Getafe por 2 a 0 no Camp Nou. O chileno Vidal e o zagueiro togolês Djene Dakonam (contra) marcaram os gols da partida, pouco emocionante. Para realizar o sonho de disputar a Liga dos Campeões pela primeira vez, o Getafe tem de vencer o Villarreal em casa na rodada final e torcer por um tropeço do Valencia no duelo com o Valladolid.

Quem também está no páreo para terminar a competição entre os quatro primeiros, ainda que tenha pouca chance, é o Sevilla. O time da Andaluzia empatou por 1 a 1 fora de casa com o vice-líder Atlético de Madrid e perdeu a chance de igualar a pontuação de Valência e Getafe.

No duelo em Madri, Koki marcou para os donos da casa e Pablo Sarabia fez para os visitantes. Na sexta colocação, com 56 pontos, é mais provável que o Sevilla fique com uma vaga na Liga Europa. O Atlético de Madrid não perde mais a segunda posição.

O Villarreal, 14º colocado, derrotou o Eibar, que ocupa o 12º posto, por 1 a 0, com gol do camaronês Karl Toko Ekambi. Ambos já não têm mais pretensões na competição, assim como o Leganés, 13º, com 45 pontos, que foi derrotado em casa por 2 a 0 pelo Espanyol, nono colocado, com 50.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.