Valencia busca empate nos acréscimos com o Atlético

O Valencia conseguiu no último minuto evitar a oitava vitória seguida do Atlético de Madrid. Nesta terça-feira, fora de casa, no Estádio Mestalla, a equipe madrilenha saiu na frente do placar, com Raúl Garcia, mas permitiu o empate em 1 a 1 aos 47 minutos do segundo tempo, com Helder Postiga.

AE, Agência Estado

07 de janeiro de 2014 | 21h00

Como a Copa do Rei é realizada em jogos de ida e volta, o Atlético de Madrid está em pequena vantagem para avançar às quartas de final e seguir defendendo o título conquistado na temporada passada. A volta está marcada para a próxima terça-feira, no Vicente Calderón, e os donos da casa jogam pelo empate sem gols.

Antes disso, o time de Diego Simeone decide a liderança do Campeonato Espanhol contra o Barcelona, sábado, também em Madri. Os dois times estão empatados na ponta com 49 pontos, mas os catalães lidaram pelo saldo de gols.

Será a chance de Diego Costa encerrar o "jejum" de gols. O brasileiro naturalizado espanhol ainda não marcou neste ano, em dois jogos. Na temporada, só uma outra vez ele havia acumulado duas partidas seguidas em branco.

Nesta terça-feira, quem marcou o único gol do Atlético de Madrid Raúl García. Aos 27 minutos, após escanteio cobrado da direita, Guaita saiu de soco, pegou mal na bola, e mandou ela para trás. O meia aproveitou e mandou de cabeça para o gol vazio. O bandeirinha chegou a apontar impedimento, sem observar que quem deu a assistência foi o jogador do Valencia.

Sem Jonas, suspenso, o time da casa pressionou bastante no finalzinho e acabou recompensado. No último lance do jogo, Guardado cruzou, Feghouli desviou no segundo pau e Postiga escorou. A bola ainda passou por debaixo das pernas do lateral brasileiro Filipe Luis antes de entrar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.