Alberto Saiz/AP
Alberto Saiz/AP

Valencia triunfa e impede recorde de vitórias do Real Madrid

Merengues chegariam a 23 vitórias seguidas em partidas oficiais caso superassem os mandantes; recorde pertence ao Coritiba

Estadão Conteúdo

04 de janeiro de 2015 | 16h01

Depois de 22 vitórias seguidas em jogos oficiais nos últimos três meses e meio de 2014, o Real Madrid abriu 2015 com derrota. Neste domingo, pela 17.ª rodada do Campeonato Espanhol, o time de Carlo Ancelotti saiu na frente do Valencia, no Mestalla, mas sofreu a virada e perdeu por 2 a 1.

Além do Barcelona, que tem a chance de assumir a liderança do torneio, quem comemora é o Coritiba. Afinal, com 24 vitórias seguidas na temporada 2011, o time paranaense segue sendo o recordista mundial de triunfos seguidos em partidas oficiais. Bicampeão brasileiro pelo Cruzeiro, Marcelo Oliveira era o técnico do Coritiba na ocasião.

O Real já havia perdido para o Milan, terça-feira, em amistoso disputado em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. O resultado no penúltimo dia do ano passado, porém, não contou para as estatísticas de vitórias por não se tratar de um jogo oficial.

Deslocando o goleiro e colocando a bola no outro canto, Cristiano Ronaldo, de pênalti, abriu o placar para o Real Madrid aos 14 minutos do primeiro tempo. Assim, chegou a incríveis 26 gols pelo Espanhol.

O Valencia, que contou com a estreia de Enzo Pérez, contratado por 25 milhões de euros junto ao Benfica (Portugal), chegou ao empate em lance de sorte. Aos 7 minutos do segundo tempo, Barragán arriscou de longe, a bola ia para fora, mas bateu na perna de Pepe e enganou o goleiro Casillas.

Aos 20, a virada. Dani Parejo bateu escanteio da direita e Otamendi, ex-Atlético de Madrid, subiu mais alto que a zaga para fazer 2 a 1. Carlo Ancelotti não aceitou a derrota, mudou o ataque, mantendo só Cristiano Ronaldo, e quase conseguiu o empate. No melhor lance ofensivo, Isco cabeceou, Diego Alves salvou no reflexo e Otamendi ainda tirou em cima da linha.

Com o resultado, o Real estaciona nos 39 pontos, contra 38 do Barcelona, que joga mais tarde, fora de casa, contra a Real Sociedad. O Valencia, com 34, assume o quarto lugar, passando o Sevilla, que tem 33. O Real tem um jogo atrasado por fazer, contra o Sevilla. A partida foi adiada para que os madrilenhos jogassem o Mundial de Clubes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.