Rafael Ribeiro/Vasco.com.br
Rafael Ribeiro/Vasco.com.br

Valentim faz mistério no Vasco e pede 'vitória a qualquer custo' sobre o Inter

Cruzmaltino está apenas um ponto acima da zona de rebaixamento no Brasileirão

Estadão Conteúdo

25 Outubro 2018 | 17h34

O Vasco encara nesta sexta-feira o Internacional, em São Januário, precisando da vitória. Mesmo contra um adversário que luta pelo título do Campeonato Brasileiro, o técnico Alberto Valentim garantiu que o pensamento está apenas no resultado positivo, afinal, até em caso de empate o time cruzmaltino corre o risco de terminar a rodada na zona de rebaixamento.

"Essa é uma partida que precisamos vencer a qualquer custo. A qualquer custo porque precisamos urgente dos três pontos para nos distanciarmos do pelotão inferior da tabela, mas o triunfo só virá se tivermos inteligência, organização e cuidado, afinal, estamos falando de um adversário que tem seus objetivos e está lutando pelo título. É preciso muita ter muita atenção e uma postura de time grande. Vamos jogar em casa e iremos buscar a vitória em todos os momentos", declarou nesta quinta-feira.

O Vasco chega para o confronto com 34 pontos, na 15.ª colocação da tabela, a apenas um do Vitória, que abre a zona da degola. Por outro lado, o Inter tem 57 pontos, está em terceiro e também precisa vencer para seguir na briga pelo título. Diante de um adversário mais forte, o time carioca se apoia no retrospecto em casa para confiar.

"O Vasco é grande e irá enfrentar outros clubes grandes. É verdade que eles possuem objetivos diferentes dentro da competição, mas não vejo isso como problema. As melhores partidas sob o meu comando foram contra times que estão lutando pelo topo da tabela", considerou Valentim.

O treinador também fez mistério em relação à escalação para a partida. Yago Pikachu deixou a derrota para o Sport, no último fim de semana, lesionado e é dúvida para encarar o Inter. Desábato e Bruno Ritter também não estão confirmados, enquanto Luiz Gustavo e Andrey voltam a ficar à disposição.

"Eu conto com o Yago Pikachu, mas ainda não sabemos se ele poderá iniciar o jogo. Tem todo um protocolo a ser seguido. O Ritter é outro que iremos esperar para ver sua evolução. Como já falei antes, nesse momento da temporada, só iremos utilizar os jogadores que estiverem 100%, sem dores", comentou Valentim.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.