Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Valentim festeja atuação 'quase perfeita' do Botafogo, mas evita provocar o Fla

Time da Estrela Solitária venceu por 1 a 0 no Maracanã e se classificou à final

Estadao Conteudo

29 de março de 2018 | 09h30

O técnico Alberto Valentim não escondeu a sua satisfação com o desempenho apresentado pelo Botafogo na vitória por 1 a 0 sobre o Flamengo, nesta quarta-feira à noite, no Maracanã, onde o time alvinegro eliminou o rival para garantir vaga na decisão do Campeonato Carioca.

Botafogo vence o Flamengo no sufoco e vai à decisão do Campeonato Carioca

Confira a tabela do Campeonato Carioca

Mais notícias do Campeonato Carioca 

Depois de amargar uma derrota por 3 a 0 para o Fluminense na final da Taça Rio, o segundo turno da competição, no último domingo, o treinador comemorou a evolução de sua equipe, que agora espera pela definição do seu adversário na luta pelo título. O mesmo será conhecido nesta quinta-feira, a partir das 21h, no Maracanã, no clássico entre o Vasco e a equipe comandada por Abel Braga.

"A atuação foi quase perfeita. Perfeita está longe ainda. Nas poucas vezes em que fomos ao ataque, fizemos o gol. A parte ofensiva foi perfeita", destacou Valentim, em entrevista coletiva, na qual também lembrou das "boas defesas" praticadas pelo goleiro botafoguense Jefferson na noite desta quarta.

Embora muito feliz com a classificação, o treinador evitou entrar no clima de rivalidade com o Flamengo depois de o meio-campista Luiz Fernando ter comemorado o gol do Botafogo exibindo um gesto que serviu para devolver uma provocação do atacante Vinicius Junior feita ainda na Taça Guanabara, o primeiro turno do Estadual. Naquela ocasião, o rubro-negro também festejou de forma polêmica, fazendo alusão ao chamado "chororô" alvinegro, ao marcar em vitória sobre o adversário pelas semifinais desta fase inicial da competição.

"Sobre a comemoração, eu não vi nada, não vamos entrar em polêmica. Gente, clima de vestiário de derrota é ruim pra caramba. Não posso nem falar a palavra. Vamos comemorar agora. Saiu do vestiário, vamos pensar no próximo adversário", destacou Valentim, respeitando a dor dos flamenguistas neste momento de frustração do rival.

O comandante ainda evitou exibir predileção por enfrentar Vasco ou Fluminense na decisão do Carioca, cujo jogo de ida será neste domingo, no Maracanã. "Importante é o Botafogo virar equipe de verdade, jogar de frente (de igual para igual) contra qualquer equipe", disse o treinador, ao mesmo tempo em que qualificou a derrota por 3 a 0 para Fluminense no último domingo como um resultado "não muito verdadeiro", pois a equipe alvinegra desperdiçou muitas chances de gol e não foi dominada pelo adversário.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.