Vítor Silva / SS Press / Botafogo
Vítor Silva / SS Press / Botafogo

Valentim indica que vai manter formação com três volantes no Botafogo

Equipe enfrenta o Sport na segunda-feira, no Recife, pelo Campeonato Brasileiro

Estadão Conteúdo

20 de abril de 2018 | 18h58

Sem revelar a escalação do time do Botafogo, que jogará somente na segunda-feira, contra o Sport, fora de casa, o técnico Alberto Valentim indicou nesta sexta que deve manter a formação com três volantes, assim como fez no empate com o Palmeiras, na rodada de abertura do Brasileirão, e também na Copa Sul-Americana.

+ Marcinho vê Botafogo mais respeitado por rivais após título carioca

+ Com 'mais vontade', Jean celebra chegada ao Botafogo e minimiza tempo sem jogar

"É um encaixe que eu gosto e já tinha jogado assim antes quando o João estava conosco, antes da lesão. Pode virar um 4-2-3-1 ou um 4-1-4-1. A característica dos jogadores me permite mudar um pouquinho esse desenho, além de observarmos os adversários para saber o melhor encaixe", disse o treinador, que exibe convicção na decisão.

Não por acaso. Valentim admite viver o melhor momento de sua carreira, ainda iniciante. "O título coroou (o momento)", reconheceu o técnico, referindo-se ao título do Campeonato Carioca. "Ano passado vivi um bom momento no Palmeiras, encerramos o ano no segundo lugar. Mas acredito que hoje é o melhor momento, não só meu, mas nosso. Time, diretoria e de todo mundo que nos apoia no dia a dia", declarou.

Valentim não esconde que a confiança contagiou todo o grupo. "A confiança melhorou, é lógico. Quando cheguei aqui vi um ambiente de jogadores cabisbaixos, o que é normal por terem sido eliminados de uma competição importante. Também precisava dar ritmo de jogo para alguns jogadores que não vinham atuando. Não só a confiança, mas o ritmo de jogo também fez com que esses jogadores crescessem", afirmou.

A confiança deve ser importante para o Botafogo em seu segundo jogo neste Brasileirão, contra o Sport, na segunda-feira, no Recife. "Será um jogo muito difícil e estamos vendo muitas coisas deles. Não é fácil estrear com uma derrota por 3 a 0, mas temos que estar muito preparados para esse jogo lá", afirmou, citando a estreia do rival.

Para este jogo, Valentim ainda aguarda a liberação de jogadores machucados, mas evita citar nomes. "Preciso definir a equipe esperando a liberação ou não do departamento médico. Com uma semana cheia eu gosto de aproveitar bastante e depois saber se terei todos à disposição."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.