Valério Doce derrota Atlético-MG por 2 a 1

O Atlético-MG foi a Itabira e perdeu para o Valério Doce, por 2 a 1, na tarde deste domingo. O resultado custou ao Galo a invencibilidade no Campeonato Mineiro e um tabu de nove anos sem derrotas, diante do time do interior. Os gols do time de Itabira foram marcados por Derlan e Didi. Tucho descontou. Com a derrota, o alvinegro, que tem nove pontos até esta sexta rodada, caiu para a oitava colocação na tabela. O Valério assumiu a vice-liderança do campeonato com 11 pontos, atrás do América-MG que tem 14.O Atlético-MG teve domínio da bola na maior parte do primeiro tempo. Apesar da chuva que caía em Itabira e do gramado encharcado, os jogadores do Galo trabalhavam bem a bola no meio-campo e buscavam as jogadas palas laterais. Bem fechado na defesa, o Valério tentava congestionar a entrada da área, forçando o adversário a fazer cruzamentos ou chutar de longe.E foi assim que o Atlético chegou com perigo pela primeira vez no jogo. Aos 14 minutos, Alex Mineiro tabelou com Márcio Santos e chutou de fora da área. O goleiro Ângelo saltou e fez boa defesa. O troco do time de Itabira, que saía perigosamente nos contra-ataques, veio dois minutos depois. A defesa do Galo falhou e Evilásio apareceu livre na cara de Velloso. O atacante tentou encobrir o goleiro, mas o chute saiu forte, sobre o travessão.Depois de quase conseguir abrir o placar, o Valério sentiu que podia ser mais ousado. O técnico Ney da Matta adiantou a marcação e pediu que os jogadores passassem a tentar as jogadas pelas laterais. E, assim como o técnico pediu, em duas jogadas parecidas pela lateral, o Valério chegou ao gol. Aos 37 minutos, Wendel escapou pela esquerda e cruzou na área. A defesa atleticana ficou olhando e Derlan apareceu livre para fazer Valério 1 a 0. Aos 45, o mesmo Wendel bateu cruzado. Velloso soltou nos pés de Didi que só teve o trabalho para empurrar para as redes e fazer o segundo gol do Valério.No segundo tempo, o Valério recuou todo para buscar os contra-ataques. Porém, atraiu o Atlético para o campo de ataque. Numa tarde em que quase nada deu certo para o Galo - Velloso deslocou o ombro esquerdo e Rubens Cardoso teve um estiramento na coxa esquerda -, o alvinegro conseguiu diminuir o placar.Aos 24 minutos, Tucho, bem colocado, completou o cruzamento da esquerda e marcou o único gol do Galo na partida. Aos 34 minutos, Quirino chegou a empatar a partida, mas o árbitro Luiz Carlos Silva, equivocadamente, anulou o lance, alegando que o jogador do Galo estava impedido.Nas demais partidas pelo Mineiro, o América, que lidera o Estadual, venceu o Villa Nova por 2 a 0, no Independência. Em Patos de Minas, o Mamoré fez 3 a 2 no Social. No Triângulo, o Uberaba bateu a URT por 4 a 2 e a Caldense, em Poços, goleou o Ipatinga por 4 a 2.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.