Mauricio Dueñas Castañeda/EFE
Mauricio Dueñas Castañeda/EFE

Valverde considera 'perigoso' para o Uruguai jogo com o Peru na Copa América

Seleções se enfrentam neste sábado, na Arena Fonte Nova, pelas quartas de final

Redação, Estadão Conteúdo

27 de junho de 2019 | 20h12

O meio-campista Federico Valverde afirmou nesta quinta-feira que a seleção do Uruguai considera perigoso o duelo com o Peru neste sábado, às 16 horas, na Fonte Nova, em Salvador, pelas quartas de final da Copa América.

"Todas as seleções possuem um potencial específico. Não pensar no Peru, seria uma falta de respeito. Todos estamos concentrados na partida que será disputada. Se conseguirmos a vaga, Será algo sensacional", disse o jogador, de 20 anos, que atua no Real Madrid, em entrevista coletiva.

Valverde destacou algumas qualidades do adversário. "Sabemos da qualidade dos jogadores do Peru. São fortes, possuem bom jogo aéreo, talentosos, como Guerrero, que é uma estrela a nível mundial, por isso é sempre necessário ter o máximo de precaução."

O meia aposta que o Peru será uma equipe totalmente diferente daquela derrotada por 5 a 0 pelo Brasil. "O resultado diante da seleção brasileira não quer dizer que o Peru está mal. Jogos deste tipo não permitem erros, que podem prejudicar todo o trabalho."

O lateral Giovanni González concorda com Valverde. "Esperamos um Peru muito aguerrido, porque eles tiveram uma nova oportunidade após a dura derrota para o Brasil. Por isso, eles deverão lutar muito", disse o jogador do Peñarol.

O defensor fez uma análise do rival das quartas de final. "O Peru concentra suas jogadas pelas laterais, com muita velocidade. E possuem Guerrero, um goleador", afirmou. "Não há favoritos nesta Copa América", completou González, que herdou a vaga na lateral, depois da lesão de Diego Laxalt.

Com portões fechados, o Uruguai treinou nesta quinta-feira, no Barradão. Os jogadores participaram de exercícios físicos e trabalhos com bola em campo reduzido. O elenco volta aos treinos novamente no estádio do Vitória, nesta sexta-feira, às 10 horas. Às 18h30, o elenco fará uma sessão na Fonte Nova, onde o técnico Óscar Tabárez dará entrevista coletiva.

O vencedor entre Uruguai e Peru vai encarar na quarta-feira, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, o ganhador do duelo entre Colômbia e Chile. Os uruguaios são os maiores vencedores da Copa América, com 15 taças, contra 14 dos argentinos. Os peruanos somam duas conquistas continentais: 1939 e 1975.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.