Alejandro García / EFE
Alejandro García / EFE

Valverde quer título espanhol neste sábado para dar impulso na Liga dos Campeões

Barcelona precisa de uma vitória sobre o Levante para ser o campeão da temporada

Redação, Estadão Conteúdo

26 de abril de 2019 | 16h38

Ernesto Valverde, técnico do Barcelona, afirmou nesta sexta-feira que a conquista do título do Campeonato Espanhol dará um impulso "muito poderoso" para a equipe catalã no jogo de ida das semifinais da Liga dos Campeões da Europa, na próxima quarta, diante do Liverpool, no estádio Camp Nou, em Barcelona. O time só precisa vencer o Levante, neste sábado, pela 35ª rodada, em casa, para ganhar a 26.ª taça nacional. O Real Madrid, que está apenas em terceiro lugar nesta temporada, soma 33.

"Lógico que temos algo na cabeça (Liverpool), mas eu gostaria que o jogo deste sábado fosse culminante para a Liga. Por isso damos uma atenção especial para a partida", afirmou Valverde. O Barcelona soma 80 pontos, nove a mais que o Atlético de Madrid, o segundo colocado - o Real Madrid acumula 65. Restam quatro rodadas.

O técnico do time catalão admitiu que poderá poupar alguns jogadores diante do Levante, 15.º colocado no Campeonato Espanhol, com 37 pontos. "Temos quatro dias para o duelo contra o Liverpool e eu sei que a conquista do título neste sábado será algo muito poderoso antes do jogo de quarta. Maior do que a fadiga que podemos ter", disse.

Outro incentivo para os jogadores seria a entrega do troféu neste sábado em pleno Camp Nou. "O jogo deste sábado vai ter um significado especial para todos nós, temos a chance de ganhar o título, diante de nossa torcida. É um incentivo que ninguém quer perder". Tradicionalmente, o troféu é entregue ao vencedor no início da temporada seguinte, mas de acordo com a imprensa espanhola, desta vez, a Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF, na sigla em espanhol) pretende entregar a taça neste sábado.

Nos últimos 10 anos, o Barcelona se sagrou campeão espanhol sete vezes, enquanto que o Real Madrid ganhou duas taças e o Atlético de Madrid ficou com uma. Na Liga dos Campeões, a vantagem é do Real: 4 a 3. "Existem outros títulos como Copa do Rei e Liga dos Campeões, mas nós damos muito valor para a conquista da Liga. Por isso, que ganhamos tantas vezes nos último anos", finalizou Valverde.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.