'Vamos ao Itaquerão para atacar', diz o zagueiro vascaíno Anderson Salles

O Vasco ocupa a antepenúltima posição do Campeonato Brasileiro e acaba de ser goleado por 4 a 1 pelo Palmeiras, em casa, mas mesmo assim aposta que poderá superar o vice-líder Corinthians nesta quarta-feira, a partir das 22 horas, no Itaquerão, na abertura da 16ª rodada da competição.

Estadão Conteúdo

28 de julho de 2015 | 16h33

Nesta terça-feira, o zagueiro Anderson Salles exibiu confiança em um triunfo em São Paulo e prometeu que a equipe não será covarde, ficando apenas na defesa e explorando os contra-ataques. "A gente sabe que vai ser uma partida difícil, mas futebol se resolve dentro de campo. São 11 contra 11. Conhecemos os jogadores que fazem a diferença na equipe deles e vamos buscar neutralizar os pontos fortes. Temos que nos defender, mas jogar ofensivamente também. Vamos lá para atacar. O Vasco é grande, tem que ir para cima", ressaltou o atleta, em entrevista coletiva.

O defensor também enfatizou que o Vasco também poderá aproveitar pontos fracos da equipe corintiana para surpreender fora de casa, embora admita o favoritismo do rival e a força que o mesmo possui quando joga em seu estádio.

"Não tem um time que jogue 90 minutos sem errar alguma coisa. Existem as brechas deles e vamos trabalhar para furar isso, tentar achar o ponto fraco. Vamos respeitá-los, mas vamos jogar para conseguir a vitória. O time tem que estar próximo, se comunicar dentro de campo, jogar junto. Temos que entrar atentos e ter a consciência de que, na casa deles, eles têm muita força", reforçou Anderson Salles.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascoAnderson Salles

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.