'Vamos jogar pelo Ricardo Gomes', diz Diego Souza

Time enfrenta o Ceará, pelo Brasileiro, abalado pelo estado grave do treinador

AE, Agência Estado

30 de agosto de 2011 | 13h32

RIO - O meia Diego Souza afirmou nesta terça-feira que o Vasco precisa vencer o Ceará, nesta quarta, às 18 horas, em São Januário, para seguir na briga direta pelo Campeonato Brasileiro e também para honrar o bom trabalho feito até aqui pelo técnico Ricardo Gomes no clube.

Depois de sofrer um Acidente Vascular Encefálico (AVE) durante o clássico com o Flamengo, no último domingo, no Engenhão, e no mesmo dia passar por uma delicada cirurgia, o treinador segue internado em estado grave, porém estável, no Hospital Pasteur, no Rio. Com isso, ele não poderá comandar o time diante do rival cearense. O fato foi lamentado por Diego Souza, que agora espera poder homenagear o comandante com mais um triunfo na competição nacional.

"Estamos tristes com a situação do nosso técnico. Ricardo Gomes é nosso pai no Vasco, pessoa do bem e todo mundo gosta dele. Ele conseguiu deixar nossa equipe competitiva, conquistamos a Copa do Brasil e estamos bem no Brasileiro. Ricardo precisa ser bem representado e vamos entrar com tudo para conseguir a vitória diante do Ceará. Vamos jogar pelo Ricardo Gomes", enfatizou o meio-campista.

Já garantido na Copa Libertadores da América de 2012 por ter sido campeão da Copa do Brasil, o Vasco segue motivado com a possibilidade de conquistar o Brasileirão também neste ano. O time está na quarta posição do torneio, com 35 pontos, apenas dois atrás do líder Corinthians.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.