Eduardo Nicolau
Eduardo Nicolau

'Vamos nos arrepender pelo resto da vida', diz Messi sobre a Copa

A pedido do site da Fifa, craque argentino revê a participação da Argentina, que conquistou o vice-campeonato na Copa do Brasil

O Estado de S.Paulo

05 de fevereiro de 2015 | 16h43

Mais de seis meses depois da final da Copa do Mundo, o argentino Lionel Messi ainda lamenta os erros cometidos pela sua seleção na derrota para a Alemanha por 1 a 0 na final do Maracanã, no mês de julho. "Foi uma pena. Uma pena por causa das chances que tivemos. Acho que as mais claras fomos nós que tivemos. Vamos nos arrepender por toda a vida dessas chances que tivemos e não conseguimos colocar para dentro do gol", afirmou o camisa 10 do Barcelona. 

As declarações de Messi foram dadas nesta quinta-feira para o site da Fifa, que iniciou uma série de entrevistas com protagonistas da Copa de 2014. Um dos lances que justificam o lamento do camisa 10 na final da Copa foi o gol perdido por Gonzalo Higuaín, ainda no primeiro tempo, após falha da zaga alemã. Na frente do goleiro, o atacante finalizou para fora. 

Apesar dos lamentos pela derrota, o argentino também recordou bons momentos, como a dramática vitória conquistada nos pênaltis contra a Holanda na fase semifinal. "Não sei se o mais feliz, mas foi espetacular poder estar nesta final. Jogamos contra uma seleção espetacular, que tinha jogadores muito bons. Foi um jogo muito equilibrado, que por um momento sofremos. Foi um jogo muito tático, mas chegamos aos pênaltis e passando nosso time, o que foi uma alegria incrível", afirmou Lionel Messi. 


O craque do Barcelona e da Argentina também admitiu com alguns resultados do Mundial, como a vitória da Holanda sobre a Espanha, ainda na primeira fase, e a goleada histórica da Alemanha sobre o Brasil por 7 a 1 na semifinal. "Foi uma surpresa para todos que acontecesse isso. Esperávamos um jogo muito fechado, muito equilibrado, com muita dificuldade para as duas seleções. Não esperávamos que com 20, 25 minutos a Alemanha já estivesse ganhando por 3 ou 4 a 0, não me lembro bem. Foi uma surpresa para todos", analisou Messi, que destacou que não faria diferença quem seria o adversário argentino na decisão.


Tudo o que sabemos sobre:
Copa do MundoMessiArgentina: Fifa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.