Staff Images/Flamengo
Staff Images/Flamengo

'Vamos nos unir para fazer um Flamengo imbatível', diz Landim

Presidente eleito neste sábado superou Ricardo Lomba no pleito e assumirá o clube em janeiro

Estadão Conteúdo

09 Dezembro 2018 | 10h30

União é a palavra-chave da gestão de Rodolfo Landim, novo presidente do Flamengo, para os próximos três anos. "Vai ser a nossa marca. Vamos nos unir para fazer um Flamengo imbatível", disse o dirigente, diante de seus eleitores, sábado à noite na Gávea.

Logo após derrotar o candidato da situação, Ricardo Lomba, Landim já falava em títulos. "A gente acha que está em condições de fazer um bom trabalho e trazer muitas alegrias para esta nação de 42 milhões de flamenguistas."

Candidato da oposição, Rodolfo Landim foi escolhido para ser presidente do Flamengo encabeçando a Chapa Roxa. Ele recebeu 1.879 votos e obteve 61,65%, contra 1.097 (35,99%) do segundo colocado, o candidato da situação Ricardo Lomba, da Chapa Rosa.

Marcelo Vargas e José Carlos Peruano obtiveram 41 (1,34%) e 22 (0,72%) votos e ficaram na terceira e quarta posições, respectivamente. O total de votos era de 3.048, tendo ainda seis brancos e três nulos.

Landim será empossado na segunda quinzena de dezembro e assumirá o comando do clube em janeiro de 2019. Uma de suas primeiras tarefas será escolher o novo treinador do Flamengo. Abel Braga é o mais forte cotado para comandar a equipe rubro-negra na próxima temporada.

 

 

Mais conteúdo sobre:
futebolFlamengoRodolfo Landim

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.