Vampeta deixa o Corinthians

Depois de vários títulos e muita confusão, terminou nesta quinta-feira, de forma oficial, a história de Vampeta no Corinthians. O jogador - considerado um dos maiores ídolos do clube nos últimos tempos - não terá seu contrato renovado, segundo anúncio feito pelo diretor-técnico do clube, Roberto Rivellino, em entrevista à tevê Bandeirantes. ?O ciclo do Vampeta no Corinthians, infelizmente, terminou?, disse o dirigente. ?Ele tem uma história fantástica no clube, mas, como acontece no futebol, acho que chegou a hora de buscar outros desafios na carreira?, acrescentou. Vampeta teve duas passagens pelo Corinthians. A primeira, de muito sucesso. Foi bicampeão brasileiro, campeão estadual e da Copa do Brasil, além de integrar a equipe que levantou o título do Mundial da Fifa, em 2.000. Depois de passagens ruins pelo futebol europeu (PSG e Inter de Milão) e pelo Flamengo, o jogador voltou ao Parque São Jorge. Desta vez, no entanto, sem o mesmo brilho. No início do Campeonato Brasileiro deste ano, sofreu uma contusão grave e teve de ser operado do joelho, ficando mais de oito meses afastado dos gramados. A segunda passagem foi tumultuada. Em vários oportunidades o volante criticou a diretoria ao reclamar publicamente de atrasos no pagamento de salário. Contrariado com a falta de pagamento, abandonou o tratamento fisioterápico e se refugiou em Nazaré das Farinhas (BA), onde nasceu. Por fim, chegou a dizer em entrevista na televisão que não vestiria mais a camisa do Corinthians este ano em protesto contra a decisão do técnico Juninho Fonseca de deixá-lo no banco de reservas. Rivellino contou que não houve acordo salarial. O clube havia estabelecido um teto salarial de R$ 80 mil por mês, com o qual o jogador não concordava. A proposta de renovação foi mantida até uma semana atrás, mas acabou retirada pela diretoria depois de algumas tentativas frustradas de acordo. Para o lugar de Vampeta a diretoria resolveu apostar num remanescente da equipe campeão em 2000. Deve anunciar oficialmente nesta sexta-feira, a contratação do volante Rincón. O destino de Vampeta deve ser um clube japonês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.