Vampeta é acusado de bater na ex-mulher

O volante Vampeta, do Vitória, está sendo acusado de agressão pela mãe dos seus dois filhos, Roberta Soares que não vive com o pentacampeão atualmente e sequer foi casada legalmente com o jogador.Os dois discutiram por problemas financeiros na manhã hoje no apartamento do atleta no Edifício Torre Verona, Bairro da Pituba, orla marítima da capital baiana. Segundo Roberta, Vampeta irritou-se e a esmurrou no rosto. O caso foi registrado na Delegacia de Atendimento à Mulher de Salvador.Ela ligou para o serviço de emergência da Polícia Militar pedindo ajuda logo após o incidente e foi conduzida por uma rádio-patrulha para o Hospital Aliança onde recebeu atendimento. Submeteu-se a um exame de tomografia computadorizada, mas nenhuma lesão grave foi constatada. Em seguida Roberta dirigiu-se até a delegacia da mulher onde prestou queixa da agressão. Lá recebeu guia para exame de corpo e delito no Instituto Médico Legal da Secretaria de Segurança Pública da Bahia e somente depois do médico avaliar o tipo de lesão é que o inquérito será instaurado e Vampeta convocado para se explicar.A assessoria de imprensa do jogador informou que houve de fato uma discussão de Vampeta com Roberta por questões financeiras mas garantiu que ele não a agrediu. A briga teria sido motivada pela festa de aniversário de um dos filhos do casal que ela quer realizar em São Paulo onde mora. O jogador teria se negado a dar dinheiro para o evento e comunicou que pretendia fazer a festa em Salvador. Após a discussão Vampeta disse ter mandado a mulher sair do seu apartamento e ela se jogou voluntariamente no chão ferindo o rosto.O escândalo envolvendo o jogador ocorre no momento em que ele se prepara para voltar ao time do Vitória na rodada do fim de semana do Campeonato Brasileiro depois de passar um longo período se recuperando de uma contusão muscular na coxa direita ocorrida na decisão do Campeonato Baiano em 18 de abril. Contudo, o problema não deve impedir que Vampeta reassuma sua vaga no time titular do Vitória diante do Internacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.