Divulgação
Divulgação

Vampeta promete 'selinho' em Dilma se Audax se classificar

Time do ex-jogador encara o Corinthians, pelo Paulistão, sábado

Estadão Conteúdo

22 de abril de 2016 | 17h46

O Audax está pronto para enfrentar o Corinthians pelas semifinais do Campeonato Paulista, neste sábado, no Itaquerão. Sem nenhum jogador suspenso ou machucado, o técnico Fernando Diniz deve manter a formação que goleou o São Paulo por 4 a 1 nas quartas de final. Mas para diminuir a pressão em cima dos jogadores, o presidente do clube, o ex-jogador Vampeta, que atuou pelo Corinthians e foi campeão mundial em 2002 pela seleção brasileira, tenta chamar a atenção com seu habitual bom humor e irreverência. Ele prometeu dar um selinho na presidenta Dilma Roussef caso o Audax chegue às finais contra Palmeiras ou Santos.

"Se eu dei cambalhotas no Palácio do Governo com o Lula, por que não posso dar um selinho na Dilma? Tudo é questão de momento", promete Vampeta. Ele foi escolhido para presidir o clube por sua relevância esportiva. O Audax foi bancado pelo empresário Mário Teixeira, ex-diretor do Banco Bradesco, com a matriz na cidade. Aos poucos, o clube foi se organizando, profissionalizando-se e crescendo dentro de campo.

Para este jogo decisivo, Sidão deverá ser o goleiro, aproveitando chance com a contusão de Felipe Alves. No mais, Diniz quer atenção máxima e perfeição nas finalizações para derrubar o favorito adversário. Desde terça-feira concentrado em Sorocaba, o elenco só vai para a capital no sábado, após o almoço. O Audax deve entrar em campo com Sidão; Yuri, Bruno Silva, André Castro e Velicka; Tchê Tchê, Camacho e Juninho; Mike, Bruno Paulo e Ytalo.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.