Divulgação
Divulgação

Vampeta revela ter deixado a presidência do Audax

Após a saída do ex-jogador, vaga foi preenchida por Renato dos Santos Botega, que é genro de Mário Teixeira, dono do clube

Redação, Estadao Conteudo

09 de junho de 2020 | 20h50

O pentacampeão mundial com a seleção brasileira Vampeta não é mais presidente do Grêmio Osasco Audax. O próprio ex-jogador revelou sua saída do posto nesta terça-feira, à Rádio Jovem Pan. Mesmo assim, ele segue participando das decisões do clube, conforme explicou.

"Eu não sou mais o presidente do Audax. Já venceu meu mandato e agora sou presidente do Conselho Deliberativo do clube. Eles estipulam dois mandatos de depois disso não pode mais. Eu queria ficar, mas não pode", disse.

Após sua saída, a vaga foi preenchida por Renato dos Santos Botega, que é genro de Mário Teixeira, dono do clube. Até então, Renato Botega vinha atuando como diretor administrativo.

"Time de dono já é tudo armado, já tem tudo certo. O novo presidente é o Renato, que é casado com a filha do Seu Mário. Aqui é papo reto! O time é de família", brincou Vampeta com seu jeito descontraído.

Vampeta estava à frente da presidência do Audax desde 2013, tendo levado o time à decisão do Campeonato Paulista em 2016. O time, porém, acumulou dois rebaixamentos seguidos no nível estadual, tendo retornado à Série A2 em 2019. A equipe era a décima colocada na divisão de acesso até a sua paralisação em funcsao da pandemia do coronavírus.

Tudo o que sabemos sobre:
VampetaAudaxfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.