Vampeta se firma como líder corintiano

O volante Vampeta, que no sábado ajudou a erguer mais uma taça no Corinthians, se firma cada vez como o grande líder do elenco. Depois da saída do colombiano Rincón, em 2000, e o trauma que representou a deserção do meia Ricardinho - que forçou a sua ida para o São Paulo -, o clube estava atrás de um jogador que liderasse o time, dentro e fora de campo. A lacuna finalmente foi preenchida em 2002.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.