Robson Fernandjes|Estadão
Robson Fernandjes|Estadão

Vampeta vibra com divisão de renda na semifinal do Paulista

Presidente do Osasco pede a torcida do Corinthians lotar estádio

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

19 de abril de 2016 | 16h36

As duas semifinais do Campeonato Paulista, no próximo fim de semana, vão ter divisão da renda líquida entre os times participantes, acordo que animou o presidente do time azarão. Vampeta, do Osasco Audax, afirmou nesta terça-feira que espera que a torcida do Corinthians lote o estádio no próximo sábado para que possa, assim, ajudar as finanças da equipe novata.

"Vamos lá, torcedor do Corinthians, vamos lotar. Brinquei com o Edu (Gaspar, gerente de futebol do Corinthians) que poderiam vender todos os ingressos, não precisa para nós. Só precisamos da renda", comentou Vampeta, em tom humorado. As duas equipes se enfrentam no sábado, às 18h30, e quem avançar enfrenta o vencedor de Santos e Palmeiras. O clássico será no domingo, às 16h, na Vila Belmiro.

Os clubes se reuniram na manhã desta terça-feira na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF), na Zona Oeste da capital paulista, para discutir as datas das semifinais. Participaram do encontro os represententes dos quatro times participantes.

A equipe de Osasco disputa pela terceira vez a elite do futebol paulista e nunca havia passado para a segunda fase. No último domingo, fez história ao bater o São Paulo por 4 a 1. "Não tenho do que reclamar que o jogo com o Corinthians será no sábado. Nós, do Audax, estamos felizes e sorrindo. Para mim o jogo será suave, uma verdadeira festa", comentou Vampeta, que fez carreira no time alvinegro, onde foi bicampeão brasileiro e campeão mundial.

O gerente de futebol do Corinthians, Edu Gaspar, disse que o clube entrou em acordo com o Osasco Audax para ceder uma carga de ingressos inferior ao 5% do total, montante comum em partidas com a presença de torcida visitante. "Vamos dar o direito deles venderem 700 ingressos no setor superior oeste, como foi contra o Red Bull. Com isso, damos mais espaço ao nosso torcedor em outros setores", explicou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.