Vampeta volta a criticar demissão

O volante Vampeta, do Paris Saint-Germain, criticou duramente nesta terça-feira, durante desembarque da seleção brasileira no Aeroporto de Cumbica, a forma como Emerson Leão foi demitido. Vampeta disse que ficou constrangido com a forma como tudo aconteceu. "Quando convidaram Leão para o cargo, o levaram para uma sala com ar-condicionado. A demissão aconteceu num aeroporto, no embarque. Não foi profissional."Vampeta disse que a CBF tinha direito de demitir o treinador mas, em sua opinião, a forma como tudo aconteceu deixou os jogadores constrangidos. "O correto seria chamá-lo na CBF e fazer a coisa profissionalmente. A forma como a coisa foi conduzida, nos deixou tristes. Leão reuniu os jogadores no Aeroporto de Los Angeles e comunicou sua demissão." Outros jogadores que desembarcaram em São Paulo, como o zagueiro Lúcio, disseram-se tristes e envergonhados com o quarto lugar da Seleção Brasileira na Copa das Confederações. "Estou envergonhado", disse o jogador Lúcio, resumindo o sentimento dos atletas.

Agencia Estado,

12 de junho de 2001 | 08h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.