Van Basten dá uma de bombeiro para evitar crise na Holanda

O técnico da Holanda, Marco van Basten, agiu como um bombeiro nesta terça-feira e apagou o foco de incêndio causado pelas declarações do atacante Robbie van Persie, que acusou o companheiro Arjen Robben de ser fominha. "Já falei com os dois. O problema está resolvido. Não há mais o que falar sobre esse assunto", disse Van Basten.O treinador afirmou também que não tem como impedir o assédio de clubes e empresários a seus jogadores. "Meus atletas são livres para conversar com quem quiserem. E são também experientes o bastante para saber a hora de se concentrar no trabalho". Dentre os jogadores holandeses que podem acertar uma transferência durante a Copa está o centroavante Ruud van Nistelrooy, do Manchester United. Ele está na mira do Bayern de Munique. Van Nistelrooy teve vários desentendimentos com o técnico do Manchester, sir Alex Ferguson, e deve deixar o clube inglês.Sobre a Copa, Van Basten disse que quer uma vitória sobre a Costa do Marfim, nesta sexta-feira, em Stuttgart, para se classificar antecipadamente e jogar mais tranqüila contra a Argentina, o único grande clássico da primeira fase, no dia 21, em Frankfurt.O lateral-esquerdo Giovanni Van Bronckhorst tem o mesmo pensamento. ?Este é o grupo mais difícil e, mesmo assim, já podemos conseguir nossa classificação na próxima rodada. Esse é o nosso objetivo. Não queremos passar aperto no jogo contra a Argentina?, diz o jogador do Barcelona.Nesta terça, o goleiro Edwin Van der Sar foi poupado do treinamento. ?Ele está com dores na panturrilha. Não é nada grave. Não deverá ser problema para o próximo jogo?, esclareceu Van Basten. O treinador se disse ?orgulhoso? pela atuação de seus jogadores na vitória por 1 a 0 sobre Sérvia e Montenegro, no domingo. Mas fez uma ressalva: ?Precisamos ter mais a posse de bola. Isso é algo que conversei com os jogadores. Mas o importante é que vencemos e isso nos dá moral para o próximo jogo?. Van Basten adiantou que não deverá fazer mudanças na escalação do time, apesar de o atacante Robbie van Persie ter sido muito criticado pela imprensa holandesa.O treinador elogiou bastante o time africano. ?Costa do Marfim é uma equipe muito forte, com todos os jogadores atuando nos principais campeonatos do mundo. É um time de muita força coletiva e que muda bastante sua forma de jogar de uma partida para outra. Então precisamos nos focar no nosso próprio time e fazer aquilo que sabemos?, disse van Basten.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.