Van Basten é afastado de cargo de técnico por problemas de saúde

Atualmente no comando do AZ, técnico holandês tem sintomas tão graves que 'não é capaz de realizar seu trabalho com competência'

O Estado de S. Paulo

29 de agosto de 2014 | 09h40

Considerado um dos maiores centroavantes de todos os tempos, Marco Van Basten foi obrigado a se aposentar ainda jovem por conta das diversas lesões em seu joelho. Agora, o holandês vê sua carreira como treinador ser interrompida também por problemas de saúde. Em nota oficial divulgada na última quinta-feira, o AZ anunciou que o treinador ficará afastado do cargo "inesperadamente por mais tempo do que se previa".

"O treinador está lutando com assuntos pessoais e há algum tempo apresenta desconforto físico. Estes sintomas podem ser tão graves que, no curto prazo, ele não é capaz de realizar o seu trabalho com competência. O AZ deseja muita força a Marco e a sua família", informou o clube no comunicado. A imprensa europeia especula que a causa da saída temporária de Van Basten são problemas cardíacos.

Por conta disso, Van Basten já não comanda o elenco no próximo sábado, em partida contra o Dordecht, pelo Campeonato Holandês. Seus auxiliares Dennis Haar e Alex Pastoor serão os seus substitutos no comando da equipe de Alkmaar. Após boa passagem pelo Heerenveen, Van Basten havia chegado ao AZ nesta temporada. Em sua carreira como técnico, o holandês de 49 anos também já havia comandado a seleção holandesa na Copa de 2006 e o Ajax.

Van Basten marcou história como jogador de futebol. Revelado em 1981 pelo Ajax, o centroavante ganhou três edições do Campeonato Holandês, e foi artilheiro de quatro edições do torneio nacional, marcando 121 gols ao todo. Em 1987, o jogador foi contratado pelo Milan e mesmo com o histórico de lesões, marcou 90 gols na equipe, venceu três edições do Campeonato Italiano, uma Liga dos Campeões, além de ganhar o título de melhor jogador do Mundo em 1992. Pela seleção holandesa, foi o principal expoente da equipe que venceu a Eurocopa de 1988. Aos 31 anos, teve que encerrar sua brilhante carreira devido aos problemas físicos.

Tudo o que sabemos sobre:
futinterfutebolmarco van bastenaz

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.