Lindsey Parnaby/AFP
Lindsey Parnaby/AFP

Van Gaal explica ausência de Di María e vê jogador como dúvida

Meia argentino do Manchester United corre o risco de ficar fora da partida contra o Tottenham, neste domingo

Estadão Conteúdo

26 de dezembro de 2014 | 18h13

O Manchester United venceu o Newcastle por 3 a 1 nesta sexta-feira, mas a ausência de Angel di María na escalação surpreendeu a todos. Após o apito final, o técnico Louis van Gaal explicou que o meia argentino sentiu uma nova lesão e por isso foi vetado. Para piorar, ainda pode ser desfalque novamente diante do Tottenham, neste domingo.

"Na última sessão de treino (antes do jogo desta sexta), o Di María precisou deixar o aquecimento", revelou o treinador. "Foi um pouco surpreendente, porque ele vinha fazendo tudo muito bem. Mas então precisou ficar de fora e agora vamos ter que esperar para ver as análises."

Di María vinha sendo desfalque do Manchester nas últimas semanas, mas se recuperou de um problema muscular e atuou no empate por 1 a 1 com o Aston Villa, no último sábado. Desde então, treinava normalmente, mas no trabalho da última quinta sofreu uma lesão pélvica e por isso precisou ficar de fora nesta sexta.

Se pode perder Di María para as próximas partidas, Van Gaal pôde celebrar a boa recuperação de outros nomes que vêm desfalcando a equipe. Januzaj, Fellaini, Marcos Rojo e Daley Blind não disputaram as últimas partidas por conta de problemas físicos, mas devem voltar nas próximas duas semanas.

"Todos os lesionados estão voltando", comentou Van Gaal. "É um pouco tarde para nós porque agora temos que jogar muitas partidas em uma semana. Mas eles estão voltando e, em umas duas semanas, acho que muitos jogadores estarão disponíveis."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.