Van Persie fica fora de convocação da Holanda, mas técnico nega 'aposentadoria'

Sem vaga na próxima edição da Eurocopa, a Holanda vai ter que se reinventar. Nesta segunda-feira, o técnico Danny Blind fez a primeira convocação da equipe desde o fracasso nas Eliminatórias e deixou de fora o atacante Robin Van Persie, maior artilheiro da história da seleção, com 50 gols em 101 partidas.

Estadão Conteúdo

02 Novembro 2015 | 14h45

O treinador explicou que isso não significa o fim da carreira do centroavante com a camisa laranja. De acordo com Blind, Van Persie segue nos planos porque é "potencialmente um dos melhores", mas na análise do técnico o atacante não vive boa fase no Fenerbahce, da Turquia. "Eu não acho que ele esteja jogando bem."

Em entrevista coletiva, Blind disse que a seleção holandesa dá inicio agora a uma "nova era". "Temos que olhar outros jogadores", admitiu o treinador, que chamou 23 jogadores para os amistosos contra o País de Gales (dia 13, em Glasgow) e a Alemanha (dia 17, em Hannover).

Apesar da propagada renovação, o treinador não deixou de convocar veteranos como o meia Wesley Sneijder, do Galatasaray, e o atacante Arjen Robben, do Bayern de Munique.

GOLEIROS - Porteros: Jasper Cillessen (Ajax), Maarten Stekelenburg (Southampton), Kenneth Vermeer e Jeroen Zoet (ambos do PSV).

DEFENSORES - Jeffrey Bruma (PSV), Virgil van Dijk (Southampton), Daryl Janmaat (Newcastle), Terence Kongolo (Feyenoord), Karim Rekik (Olympique de Marseille), Jairo Riedewald, Kenny Tete e Joel Veltman (Ajax);

MEIO-CAMPISTAS - Daley Blind (Manchester United), Vurnon Anita, Georginio Wijnaldum (Newcastle), Jordy Clasie (Southampton), Davy Klaassen (Ajax), Wesley Sneijder (Galatasaray) e Marko Vejinovic (Feyenoord);

ATACANTES - Bas Dost (Wolfsburg), Eljero Elia (Feyenoord), Anwar El Ghazi (Ajax), Luuk de Jong (PSV), Quincy Promes (Spartak Moscou) e Arjen Robben (Bayern de Munique).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.