Vândalos danificam restaurantes italianos na Alemanha

A derrota da Alemanha para a Itália, por 2 a 0, nas semifinais da Copa, provocou uma onda de vandalismo contra restaurantes de comida italiana em várias cidades alemãs. Na cidade de Quedlinburg, cerca de 25 torcedores foram presos depois de ocupar uma cantina e jogar mesas e cadeiras para o alto.Em Magdeburgo, os alvos foram as floreiras nas janelas de um restaurante, cujo proprietário ficou ferido ao tentar se defender. Já em Stendal, uma sorveteria foi atacada. Também foram registrados atos de vandalismo sem ataque direto a referências italianas em outras cidades. Ao todo, em torno de 200 pessoas foram presas após a eliminação da Alemanha, na partida disputada em Dortmund - inclusive em Stuttgart, onde um policial ficou ferido durante os incidentes. É lá que no sábado a seleção de Jürgen Klinsmann disputa o terceiro lugar com o perdedor de França x Portugal, que se enfrentam nesta quarta-feira em Munique.Em Berlim, os incidentes foram relativamente menores: com quase um milhão de pessoas reunidas para acompanhar o jogo em telões, houve apenas 45 prisões, por causa de discussões e, em três casos, de saudações nazistas, que são proibidas na Alemanha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.