Vândalos incendeiam loja palmeirense e fazem ameaças

Horas depois de o Palmeiras ter sido derrotado por 3 a 2 pelo campeão Fluminense, em Presidente Prudente (SP), e ficado muito próximo do rebaixamento no Campeonato Brasileiro, vândalos atearam fogo, na madrugada desta segunda-feira, à loja do clube, que fica localizada no número 1.855 da Rua Turiassu, no bairro de Perdizes, na zona oeste de São Paulo e nas imediações do Estádio Palestra Itália.

PEDRO DA ROCHA, Agência Estado

12 de novembro de 2012 | 09h13

O Corpo de Bombeiros foi acionado às 4h15 para apagar o incêndio. Duas viaturas foram enviadas ao local e rapidamente extinguiram o fogo. Até o momento, ninguém foi preso pela crime, sendo que a loja foi arrombada pelos vândalos.

Antes de o local ser incendiado e arrombado, uma frase foi pichada na porta da loja com a frase: "Acabou a paz". O Palestra Itália também voltou a ser alvo de novas pichações contendo ameaças, como já havia ocorrido na semana passada, sendo que o principal alvo das mesmas foi o presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone, que vem tendo a sua cabeça pedida pelos torcedores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.