Ivan Storti/Divulgação
Ivan Storti/Divulgação

Vanderlei diz que bom ambiente é o segredo da grande fase do Santos

'Todos se dão bem, se gostam', afirma o goleiro santista

Estadão Conteúdo

06 de novembro de 2015 | 16h45

Desde a chegada de Dorival Júnior, o Santos emendou uma incrível sequência positiva, se firmou como um dos melhores times do País e se garantiu na final da Copa do Brasil, além de estar no G4 do Campeonato Brasileiro. O goleiro Vanderlei concordou que a chegada do treinador teve peso fundamental nesta reviravolta, mas garantiu que o principal motivo desta ótima fase é a amizade entre os jogadores.

"Todo mundo se dá bem, se gosta", garantiu. "O grupo é muito bom. Termina o trabalho e a gente fica ali conversando, trocando ideias, e isso é muito importante. A gente vê o resultado em campo. Essa amizade tem feito a diferença nos jogos. A gente espera permanecer assim até o fim do ano e conquistar nossos objetivos."

Se o ótimo momento santista passa pela fase de Gabriel, Ricardo Oliveira, Marquinhos Gabriel e Lucas Lima no ataque, a equipe também precisou encontrar um equilíbrio para se fortalecer. Esta evolução defensiva tem o dedo de Vanderlei, mas o goleiro preferiu dividi-la com todos os companheiros, inclusive os atacantes.

"A marcação parte lá da frente com os atacantes, os meias voltando e marcando e isso facilita para a gente ali atrás e nos passa uma tranquilidade maior. Você percebe que as equipes não estão criando tanto contra a gente. A equipe está marcando, isso facilita para todos", comentou.

No domingo, o Santos volta a campo para enfrentar o vice-lanterna Joinville, fora de casa, e Vanderlei garantiu que o duelo será complicado. "Não tem mais jogo fácil. Todos os jogos agora valem muito. Para o Joinville, vale a permanência na primeira divisão, e para gente, o G4. Vai ser o jogo da vida deles. Eles sabem que se não vencerem este jogo, dificilmente vão permanecer na primeira divisão. E a gente tem que dar sequência no bom momento."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCVanderlei

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.