Ivan Storti / Santos FC
Ivan Storti / Santos FC

'Vanderlei é muito mais ídolo que eu aqui', diz Sampaoli após 1ª vitória santista

Técnico também faz diversos elogios a Jean Mota, autor do gol da vitória sobre a Ferroviária

Redação, Estadão Conteúdo

19 Janeiro 2019 | 20h29

Na estreia oficial do técnico Jorge Sampaoli, o Santos venceu a Ferroviária por 1 a 0, no estádio da Vila Belmiro, em Santos, na primeira rodada do Campeonato Paulista. No jogo, a cada vez que Vanderlei tocava na bola, a torcida gritava o nome do goleiro em apoio. Na entrevista coletiva, o argentino revelou que o arqueiro é um ídolo e está trabalhando para melhorar. "Está trabalhando no estilo de jogo que queremos. Evidentemente ele é muito mais ídolo que eu aqui. Com tempo e inteligência vai entender o que queremos aqui".

Jorge Sampaoli comemorou a vitória na estreia e falou sobre a sensação de estrear na Vila Belmiro e ver a equipe jogar com a sua cara. "Entrar neste campo me deixou muito feliz. Fiquei um pouco nervoso, é um templo do futebol, e a equipe vai encontrando o futebol. Tem de se sentir seguro com o que fazemos. O mais importante são os jogadores, não o treinador. Começamos agora, agradeço aos jogadores que tiveram vontade de ganhar e a honra à camiseta que foi com o calor de 35 graus. Seguiram correndo e atacando", disse.

Sobre o autor do gol, Jorge Sampaoli não poupou elogios para o meia Jean Mota. "Jean vem trabalhando bem, jogou bem contra o Corinthians e hoje (sábado) também. Está tentando ajudar a equipe. Está se acostumando à forma distinta de jogar. Está se saindo bem e vem crescendo com a equipe".

O técnico santista disse ainda que o time jogou sem Bruno Henrique, Gabriel e Rodrygo, mas enfatizou a necessidade de um camisa 9. "Hoje o Santos jogou sem Rodrygo, Gabigol e Bruno Henrique, que eram armas muito importantes no ano passado. Eles são jovens, se esforçam e essas oportunidades podem se cristalizar com o tempo ou não. É bom para eles mesmos que venha alguém com experiência para ensinar coisas que não sabem e que quem veste a camisa 9 do Santos precisa saber", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.