Enorth.com.cn
Enorth.com.cn

Luxemburgo é recebido com festa e flores em aeroporto na China

Treinador vai comandar o Tianjin Songjiang, da 2ª divisão do país

O Estado de S. Paulo

24 de setembro de 2015 | 12h59

Vanderlei Luxemburgo já está na China. Depois de fechar contrato de uma temporada como Tianjin Songjiang, da segunda divisão local, o treinador foi recebido pelo presidente do clube, Shu Yu Hui, no aeroporto de Pequim, com festa, flores e até muita curiosidade para conhecer o brasileiro. O técnico brasileiro foi presenteado com flores em sua chegada ao país, um costume local. Também foi possível ver uma faixa com a frase 'Seja muito bem vindo à China, prezado Luxemburgo'.

A missão do treinador de Madurereira na China não é das melhores dentro de campo. O Tianjin ocupa a 11ª posição do torneio local, que acaba em quatro rodadas. Na China, há a possibilidade de cada time contratar até três estrangeiros. Como deverá fazer a pré-temporada do ano que vem no Rio, a chance é grande de o treinador reforçar sua equipe com jogadores do Brasil.

Demitido por Flamengo e Cruzeiro no Campeonato Brasileiro deste ano, Luxemburgo só vai assumir o time chinês no início de 2016 e deve levar uma comissão técnica com profissionais brasileiros de sua confiança para trabalhar ao seu lado. O dono do Tianjin Songjiang, um milionário chinês, quer o brasileiro como manager do clube. Além de fazer o time jogar e subir de divisão, ele será responsável em ajudar na reforma dos CTs e na construção de um novo estádio.

Luiz Felipe Scolari e Cuca são outros técnicos brasileiros que trabalham na China. Felipão comanda o Guangzhou Evergrande, e Cuca, o Shandong Luneng. Estes dois times, no entanto, disputam a primeira divisão do futebol do país.

ACORDO

O contrato de Luxemburgo com o Tianjin Songjiang será válido por doze meses. Há, no entanto, uma cláusula que permite a renovação por mais duas temporadas caso o clube consiga o acesso para a elite do futebol da China em 2016. As bases salarias não foram reveladas, mas sabe que Luxemburgo é um profissional que sempre soube se valorizar. A contratação de Luxa faz parte do recomeço de planejamento do clube, que agora está livre de cair para a terceira divisão. O torneio é disputado por 16 equipes.

Após a recepção em Pequim, o treinador seguiu para Tianjin, onde se reuniu com a diretoria do clube, acompanhado pelo ex-jogador Maurício Copertino, que será o seu auxiliar-técnico na China. A apresentação de Luxemburgo como novo técnico do time está marcada para sexta-feira.

HISTÓRICO

Considerado um dos maiores técnicos da história do futebol nacional, com o currículo recheado de títulos, incluindo cinco do Campeonato Brasileiro e uma da Copa América pela seleção, Luxemburgo já dirigiu clubes como Santos, Corinthians, Palmeiras, Cruzeiro, Atlético-MG, Grêmio, Fluminense e Flamengo, mas não vem tendo muito sucesso nos últimos trabalhos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.