Vanderlei Luxemburgo exige a vitória diante do Juventus

Técnico confirma Palmeiras no 3-5-2 e diz que jogadores não podem mais tropeçar no Campeonato Paulista

Redação,

15 de fevereiro de 2008 | 13h50

O técnico Vanderlei Luxemburgo não quer mais saber de tropeços no Palmeiras. Para o jogo deste sábado contra o Juventus, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, o treinador exige a vitória.   Veja também:  Luxemburgo faz balanço dos dois meses no clube   "Tem de ganhar, né", diz Luxemburgo. "Se não ganhar, não adianta nada. Nossa situação está complicada, perdemos três jogos considerados em casa [contra Ituano, Noroeste e Guaratinguetá] e não podemos mais bobear."   Para o jogo contra o Juventus, que será às 16 horas, com cobertura do estadao.com.br, Luxemburgo não poderá contar com o zagueiro Gustavo, suspenso. Dininho entra na vaga e mantém o esquema com três zagueiros. O volante Pierre, que cumpriu suspensão diante do Guarani, também retorna e ocupa a vaga de Wendel.   "Vamos ver se conseguimos fazer um grande jogo contra o Juventus. Tivemos seis dias para treinar e estamos preparados", diz Luxemburgo.   O atacante Denílson viajou com o grupo para Ribeirão Preto. Ele, porém, ficará no banco de reservas. "Primeiro ele treinou durante 20 dias, depois assinou contrato. Agora viajou conosco e tem de esperar sua oportunidade. O Denílson vai ter de conquistar o direito de atuar", afirma Luxemburgo.   O Palmeiras deve enfrentar o Juventus com: Marcos, Henrique, Dininho e David; Élder Granja, Pierre, Léo Lima, Diego Souza e Leandro; Valdivia e Alex Mineiro.

Tudo o que sabemos sobre:
Palmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.