Amanda Perobelli/ Reuters
Amanda Perobelli/ Reuters

Vanderlei Luxemburgo, técnico do Palmeiras, é diagnosticado com o coronavírus

Treinador afirma que caso é assintomático e prevê retorno ao cotidiano do clube em breve

Redação, Estadão Conteúdo

04 de julho de 2020 | 18h21

Vanderlei Luxemburgo, técnico do Palmeiras, foi diagnosticado com o coronavírus, após exames realizados nesta sexta-feira pela comissão médica do clube. O treinador já está sob cuidados médicos e isolado em sua casa.

"Gostaria de passar tranquilidade a todos. Eu dei positivo para a covid-19, mas estou assintomático, sem dores, tranquilo e em breve estarei de volta", afirmou o treinador em um vídeo nas redes sociais.

Luxemburgo havia voltado ao trabalho nesta sexta-feira, quando foi testado antes de orientar os treinos para a equipe palmeirense. O técnico havia sido submetido no dia 25 a uma cirurgia para a retirada da vesícula.

Em novembro do ano passado, quando estava no comando do Vasco, o treinador, de 68 anos, foi diagnosticado com câncer de pele. O treinador removeu três manchas do nariz para realizar uma biópsia, que constatou que uma delas era maligna. Ele passou por uma cirurgia de raspagem para remover o restante do material do nariz.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.