Bruno Haddad/Divulgação
Bruno Haddad/Divulgação

'Vantagem em semifinal não vai tirar o foco do Fluminense', diz técnico

Tricolor derrota Botafogo por 2 a 1 na primeira partida da semifinal

Estadão Conteúdo

12 de abril de 2015 | 09h08

Ricardo Drubscky fez um alerta aos jogadores do Fluminense após a vitória sobre o Botafogo por 2 a 1, na noite de sábado, no Maracanã. O técnico pediu ao elenco para não perder a concentração antes do segundo jogo da semifinal contra o rival alvinegro, apesar da vantagem de jogar por um empate no próximo fim de semana.

"É uma vantagem. Eu já havia dito que era uma vantagem mínima do Botafogo, pois em clássico se joga para vencer", disse o treinador, referindo-se à conquista da Taça Guanabara pelo Botafogo. "Agora, a vantagem é mínima para o Fluminense e não vai alterar o foco para o segundo jogo. Vamos jogar para vencer, assim como o Botafogo jogou para vencer."

Drubscky saiu de campo satisfeito com o desempenho do seu time, no Maracanã. "Foi uma ótima partida", avaliou o treinador, contratado no dia 24 de março. "Estou conhecendo o time. Vi o Vinícius jogar o tempo todo, o Renato jogou quase o jogo inteiro e me agradou muito. O Henrique supriu bem as necessidades. Vi um pouco do Lucas, o Marlone entrou bem. Estou vendo mais os jogadores. É o tempo que vai nos dizendo, nos dando esse feeling", comentou.

O técnico acredita que terá melhor resultado nas alterações na equipe, antes do jogo da volta, com mais uma semana de trabalho com o grupo. "Vi um jogo amarrado para mexer. Queria fazer uma mexida diferente em duas ou três situações, mas não pude porque o Henrique pediu para sair. É assim mesmo. Você vai conhecendo devagar, dia a dia, como se fosse um casamento."

A segunda partida da semifinal com o Botafogo está marcada para as 18h30 do próximo sábado, novamente no Maracanã. O Fluminense joga por um empate para chegar à final do Campeonato Carioca.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseRicardo Drubscky

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.